ACOMPANHE-NOS    
AGOSTO, SEGUNDA  03    CAMPO GRANDE 20º

Direto das Ruas

Leitor reclama que não consegue falar em órgãos do Judiciário

Advogado aposentado reclama que “desde a semana passada” tenta ligar em todos os telefones informados no site do TJMS

Por Gabriel Neris | 07/07/2020 15:16
Desembargador Paschoal Carmello Leandro durante teletrabalho (Foto: TJMS)
Desembargador Paschoal Carmello Leandro durante teletrabalho (Foto: TJMS)

Leitor procurou o Campo Grande News, através do canal Direto das Ruas, para reclamar que não consegue atendimento em nenhum órgão do Judiciário em Mato Grosso do Sul.

Advogado aposentado, que pediu para não ter o nome divulgado, reclamou que “desde a semana passada” tenta ligar em todos os telefones informados no site do Tribunal de Justiça. “Já tentei TJ, Fórum e até Procuradoria de Justiça e ninguém atende”.

Segundo ele, com o isolamento social, está se mantendo ao máximo dentro de casa. “Tenho mais de 60 de anos, falam para não sair, mas ninguém atende nos telefones”, reclama.

Porém, segundo o TJMS, o atendimento ao público está suspenso. O plantão extraordinário do Judiciário foi prorrogado até 2 de agosto diante da pandemia da covid-19. De acordo com o TJMS (Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul), a suspensão é resultado de estudos do comitê de análise das condições para o retorno gradual ao trabalho presencial.

O TJMS divulgou na semana passada que quase 100 mil pessoas emitiram certidões negativas cíveis e criminais pelo site do órgão desde o início do trabalho remoto.

Segundo o órgão, foram 97.102 certidões por autoatendimento pela internet em todas as comarcas do Estado.

Antes do trabalho era necessário se dirigir ao setor de distribuição no Fórum para solicitação física do documento, mas agora os casos de urgências devem ser solicitados pelo e-mail cgr-cdistribuidor@tjms.jus.br. Também foi disponibilizado o WhatsApp (67) 98407-0618 para atendimento relacionado a certidões emitidas pelo cartório distribuidor.

A medida vale para casos em que não foi possível a emissão pela internet. Para os demais, a certidão segue gratuita e disponível na hora. O pedido pode ser feito clicando aqui.

Para comarcas do interior, o interessado deve procurar o e-mail do Fórum clicando aqui. No Tribunal de Justiça (2º Grau), o e-mail deve ser enviado para sec.judiciaria@tjms.jus.br.

Direto das Ruas – A sugestão chegou ao Campo Grande News por meio do canal Direto das Ruas, meio de interação do leitor com a redação. Quem tiver flagrantes, sugestões, notícias, áudios, fotos e vídeos pode colaborar no WhatsApp pelo número (67) 99669-9563. Clique aqui e envie agora uma sugestão.

Para que sua imagem tenha mais qualidade, orientamos que fotos e vídeos devem ser feitos com o celular na posição horizontal.