A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 19 de Junho de 2018

08/11/2017 20:17

Capital e Itaquiraí são as cidades que mais receberam ISS da CCR MSVia

Nyelder Rodrigues
Tarifa cobrada nos pedágios foi reajustada em setembro (Foto: Marcos Ermínio/Arquivo)Tarifa cobrada nos pedágios foi reajustada em setembro (Foto: Marcos Ermínio/Arquivo)

Dos 21 municípios de Mato Grosso do Sul que receberam de janeiro até outubro deste ano R$ 20,2 milhões em ISSQN (Imposto Sobre Serviços de Qualquer Natureza) pagos pela CCR MSVia, concessionária responsável pela rodovia BR-163 no Estado, Campo Grande e Itaquiraí lideram a lista de maior valores pagos.

Os dados foram fornecidos pela própria empresa, que afirma que a soma estadual equivale a média de 2 milhões recolhidos mensalmente. Na Capital, foram pagos no período R$ 1.805.036, enquanto Itaquiraí recebeu R$ 1.783.046.

Logo em seguida, aparecem Nova Alvorada do Sul (R$ 1.748.485), Bandeirantes (R$ 1.742.014), Rio Verde de Mato Grosso (R$ 1.720.337) e São Gabriel do Oeste (R$ 1.537.705).

Na outra ponta da tabela, entre os que menos receberam ISSQN nestes 10 meses, está o município de Rochedo, com R$ 25.054 arrecadados, e Camapuã, com R$ 36.114 em tributos recebidos da CCR MSVia.

"Esse dinheiro tem sido fundamental para várias cidades conduzirem seus programas de obras e serviços e demonstra a importância da concessão", afirma o gestor de Atendimento da empresa, Fausto Camilotti, em nota enviada à imprensa.

Ele ainda ressalta que o valor repassado corresponde, basicamente, a 5% da arrecadação do pedágio e das obras realizadas. O valor é distribuído de acordo com a quilometragem de cada cidade cortada pela BR-163 na soma dos dois sentidos.

Saques do PIS/Pasep colocarão R$ 34,3 bilhões na economia
A partir de hoje (18), os brasileiros com mais de 57 anos, que são titulares de contas inativas dos fundos dos programas de Integração Social (PIS) e...
Brasil deixou de arrecadar R$ 354,7 bi com renúncias fiscais em 2017
Com meta de déficit primário de R$ 159 bilhões neste ano e com um teto de gastos pelas próximas duas décadas, o governo teria melhores condições de s...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions