A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 18 de Outubro de 2018

27/11/2012 13:41

Comerciantes esperam vendas 6,8% maiores neste fim de ano

Em 2011, as vendas apresentaram crescimento de 4,83% em relação ao ano de 2010

Helton Verão
Redução do IPI para veículos, itens da linha branca móveis, laminados e vários acessórios são um dos motivos do otimismo (Foto: Minamar Júnior)Redução do IPI para veículos, itens da linha branca móveis, laminados e vários acessórios são um dos motivos do otimismo (Foto: Minamar Júnior)

Os comerciantes da Capital estão otimistas para as vendas de fim de ano para o setor varejista, que deve superar a marca de 2011, crescendo de 4,5% a 6,8%, segundo levantamentos do DEPE/ACICG (Departamento de Pesquisas e Estatística da Associação Comercial e Industrial de Campo Grande) .

O motivo para o otimismo no comércio é o aumento da oferta de crédito, bem como a estabilidade gerada pelos altos níveis de emprego, seguida pelo maior planejamento financeiro das famílias. Outro fator determinante para o bom desempenho das vendas, são as medidas adotadas pelas autoridades econômicas brasileiras relativas à redução das taxas de juros e a desoneração tributária de vários segmentos econômicos.

"Vale lembrar que o governo prorrogou o prazo da redução da alíquota do IPI (Imposto sobre Produtos Industrializados) até 31 de dezembro de 2012 para veículos, itens da linha branca móveis, laminados e acessórios de decoração como papéis de parede e luminárias. Houve também a antecipação de pagamento de salários por parte da Prefeitura, o governo do Estado sinalizando também o pagamento em dia e o INSS liberou ontem (26) a segunda parcela do 13º dos aposentados. Tudo isso colabora que movimentar nossa economia," informa o presidente da ACICG, Omar Aukar, através da assessoria.

 

Dólar sobe 1% e fecha quinta-feira cotado acima dos R$ 3,70
O dólar fechou a quinta-feira (18) cotado acima dos R$ 3,70. A moeda subiu 1,16%, atingindo R$ 3,7250. O Índice Bovespa (Bolsa de Valores de São Paul...
Loja terá que pagar indenização por colocar nome de consumidor no SPC e Serasa
Os desembargadores da 5ª Câmara Cível negaram recurso da rede de varejo Casas Bahia contra sentença que a condenou ao pagamento de R$ 7 mil por danos...
Justiça condena empresa telefônica por bloquear linha de cliente
Os desembargadores da 3ª Câmara Cível negaram recurso da companhia telefônica Tim, condenada em primeiro grau a pagar R$ 8 mil a um morador de Três L...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions