A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017

02/09/2011 14:18

Congresso de Economia em Bonito terá palestra de embaixador da Indonésia

Edmir Conceição

Representante de um dos Países que mais amarga os efeitos de terremotos e tsunamis, Sudaryomo Hartosurdaimo, embaixador da Indonésia, confirmou presença no XIX Congresso Brasileiro de Economia (CBE), que será realizado de 7 a 9 de setembro no Centro de Convenções de Bonito. O painel que vai discutir os efeitos econômicos das catástrofes será no dia 9 de setembro, sexta-feira.

"A ideia é fazer uma análise dos efeitos econômicos desde os impactos básicos no que se refere à vida das pessoas até o resultado econômico e social em nível mundial que interfere em todas as cadeias produtivas e no desenvolvimento de um País e de uma região”, explica Volmir Meneguzzo, presidente do Conselho Regional de Economia.

Também está confirmada a presença do governador, André Puccinelli. A programação do evento é ampla, vai discutir várias cadeias econômicas e também questões como incentivos fiscais.

Agropecuária – O presidente da Federação da Agricultura e Pecuária do Estado de Mato Grosso do Sul (Famasul), Eduardo Riedel, que vai participar do painel Agronegócio, Agricultura Familiar e a Heterogeneidade Estrutural do Setor Agrícola Brasileiro, observa que o evento é um catalisador porque traz um público importante e, de imediato, movimenta a economia dos municípios. !A visibilidade é positiva tanto em termos turísticos como na propagação de potencialidades para futuros investimentos. Em um momento de crise internacional, um evento de economia dessa grandeza ajuda a fortalecer o conceito da solidez da economia brasileira”.

Riedel vai abordar o papel do agronegócio nesse cenário, uma vez que há de 40 anos o País era importador de alimentos e hoje assume o papel de um dos principais exportadores. “A cadeia do agronegócio é responsável por um quarto do PIB nacional e por um terço dos postos de trabalho, uma participação significativa de um setor que tem boas perspectivas de crescimento”.

Até ontem, véspera do encerramento, já haviam 720 inscritos no CBE, 44% a mais que o esperado. O evento vai mobilizar 60 pessoas entre organizadores e equipes de apoio. Foram selecionados 14 artigos para serem apresentados durante a programação. Também será ocasião para comemorar os 60 anos de criação do Conselho Federal de Economia (Cofecon).

As inscrições para o Congresso devem ser feitas até esta sexta-feira, 2 de setembro. São limitadas e custam R$ 300,00 para os profissionais registrados nos Corecon de seus Estados, R$ 400 para outros profissionais. Estudantes que são filiados aos Corecon estaduais pagam R$ 50,00 e o investimento é de R$ 100,00 para estudantes de outras áreas. Informações e a grade completa sobre os palestrantes e temas no site oficial do evento,



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions