A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 21 de Outubro de 2019

08/07/2019 16:28

Custo da cesta básica chega a R$ 406 e consome 40% do salário mínimo

Valor registrado no município sul-mato-grossense supera capitais, como João Pessoa, Natal, Recife, Salvador e Aracaju.

Gabriel Neris
Batata registrou a maior alta na cesta básica do douradense (Foto: Paulo Francis/Arquivo)Batata registrou a maior alta na cesta básica do douradense (Foto: Paulo Francis/Arquivo)

O valor da cesta básica de Dourados, localizado a 228 km de Campo Grande, fechou junho com aumento de 3,12%, atingindo R$ 405,92, valor equivalente a 40,67% do salário mínimo vigente (R$ 998).

O levantamento divulgado nesta segunda-feira (8) foi realizado pelos acadêmicos de Ciências Econômicas da Faculdade de Administração, Ciências, Contábeis da UFGD (Universidade Federal da Grande Dourados).

Conforme o Dieese (Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos), compõem a cesta básica açúcar, arroz, banana, batata, café, farinha de trigo, feijão, leite, margarina, óleo de soja, pão francês e tomate. O valor registrado no município sul-mato-grossense supera capitais, como João Pessoa, Natal, Recife, Salvador e Aracaju.

Os produtos que mais registraram alta foram a batata (23,49%), banana (17,82%) e tomate (6,39%). Por outro lado, as maiores quedas foram nos preços do feijão (13,18%), açúcar (2,15%) e leite (1,10%).

A pesquisa também aponta para uma variação de 20,61% entre as cestas com os mesmos produtos de um supermercado para outro. O valor mais barato ficou em R$ 380,20 e o mais caro atingiu os R$ 458,56, enfatizando a importância de se pesquisar os preços antes das compras.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions