ACOMPANHE-NOS    
JANEIRO, SEXTA  28    CAMPO GRANDE 23º

Economia

Empresa reivindica doação de terreno avaliado em R$ 10 milhões na Capital

Terreno pretendido pela Nelson Willians Advogados fica em área nobre da cidade

Por Lucia Morel | 10/11/2021 17:35
Área localizada em região nobre é avaliada em R$ 10 milhões. (Foto: Paulo Francis)
Área localizada em região nobre é avaliada em R$ 10 milhões. (Foto: Paulo Francis)

Doação pedida por empresa, de área pública avaliada em R$ 10 milhões para instalação de uma recuperadora de crédito, deve ter desfecho apenas dentro de um ano. Esse é o tempo médio de análise pelas instâncias municipais entre a solicitação de incentivos e efetiva assinatura ou não de termo de compromisso.

A Nelson Wilians Advogados, escritório baseado em São Paulo (SP), mas com filiais na maioria das capitais brasileiras, requereu via Prodes (Programa de Incentivos para Desenvolvimento Econômico e Social de Campo Grande), a doação de um terreno na Vila Miguel Couto, área nobre, avaliado em R$ 10 milhões. O capital social da empresa é de R$ 3 milhões.

A intenção é instalar a empresa NW Soluções e Recuperação de Crédito Ltda, que deverá gerar 220 empregos diretos e chegar a mil em um ano de operação. Sócia do grupo na Capital, a advogada Giovanna Castellucci afirmou que no local pleiteado, caso aprovado, será construído “o que será o maior centro de recuperação de crédito do país”.

Além disso, em nota, ela e o grupo informam que além do pedido de doação da área, também estão sendo avaliadas “outras contrapartidas” para serem solicitadas ao Poder Público, mas cujo teor não será divulgado agora.

O secretário Rodrigo Terra, da Sidagro (Secretaria Municipal de Inovação, Desenvolvimento Econômico e Agronegócio), responsável pela análise preliminar do pedido, mas sem poder de decisão – que ocorre em outras instâncias – afirma que as etapas de definição sobre a aprovação ocorrem fora da secretaria, no Codecon (Conselho de Desenvolvimento Econômico de Campo Grande) e na Câmara dos Vereadores.

No entanto, confirmou o pedido da NW Group e disse que a análise é feita, inclusive, pela Procuradoria Municipal e que, nos casos de solicitação de área pública localizada fora dos Polos Empresariais da Capital, é necessário repassar o pedido à Secretaria de Governo e que, por ser fora deles, o processo pode se tornar mais longo e, por isso, mais difícil.

Isso porque, a lei que rege o Prodes, alterada recentemente, indica que as áreas e os incentivos devem ser concedidos, “preferencialmente” nas regiões dos Polos Empresariais, e na Vila Miguel Couto não há nenhum.

Leia abaixo o comunicado, na íntegra, da Nelson Wilians Advogados

COMUNICADO

O Nelson Wilians Advogados acredita que só é possível realizar um grande trabalho em parceria com uma comunidade quando se está integrado e empenhado em desenvolver essa comunidade.

Desde 2010, o escritório vem trabalhando para transformar Campo Grande em uma referência para a advocacia brasileira.

Pois aqui encontramos dinamismo econômico e qualificação profissional.

Com a determinação de nossos sócios e colaboradores – gente da região e que entende muito bem as peculiaridades locais – mantemos constantemente essa chama acesa.

Em mais de uma década de atuação em Campo Grande,  o escritório cresceu, gerou empregos e associou o nome da cidade ao serviço jurídico de excelência, com especial destaque para o agronegócio e a recuperação de crédito em todo território nacional.

Recentemente, mudamos para um novo endereço com o objetivo de ampliar nossa atuação e oferecer um espaço com mais conforto para os nossos clientes e colaboradores. A mudança possibilitou ainda a contratação de novos profissionais.

Há algum tempo traçamos uma ousada meta: instalar em Campo Grande o maior centro de recuperação de crédito do país, por meio da NW Soluções e Recuperação de Créditos, empresa que pertence ao NW Group.

Isso é vontade de querer crescer. É querer desenvolver habilidades. É trazer desenvolvimento.

Com esse objetivo, recentemente, ingressamos no PRODES - Programa de Incentivos para Desenvolvimento Econômico e Social de Campo Grande.

O PRODES é um programa da Prefeitura que tem como “finalidade impulsionar o desenvolvimento econômico, social, turístico, cultural e tecnológico do Município, de forma sustentável, mediante a concessão de incentivos fiscais e extrafiscais para pessoas jurídicas e empresários individuais, assim registrados nos órgãos competentes, que preencherem os requisitos previstos na Lei Complementar”.

Com os mesmos deveres e obrigações de qualquer outra empresa da iniciativa privada e em conformidade com as diretrizes do PRODES, a NW Soluções e Recuperação de Créditos foi cadastrada no programa a fim de solicitar uma área para a possível construção de um edifício, capaz de abrigar o que será o maior centro de recuperação de crédito do país.

Outras contrapartidas estão sendo avaliadas com o Município e devem se tornar públicas.

Tudo feito com total transparência e em conformidade com as diretrizes do PRODES.

Vale ressaltar que cabe exclusivamente à Prefeitura e à Câmara dos vereadores, à luz das regras do programa, avaliar e deferir o nosso e qualquer outro pedido dessa natureza.

A nossa responsabilidade é atuar dentro das regras, com ética e moralidade.

Se aprovada, após construção da nova sede, esperamos criar 220 empregos altamente qualificados, de imediato. E, em um ano no máximo, outros cerca de mil novos empregos diretos, além de muitos outros empregos indiretos que surgirão a partir de empresas satélites que trabalharão em conjunto com o centro de recuperação de crédito.

Isso abrirá novas portas de desenvolvimento para um setor altamente qualificado.

Antes e agora, sempre acreditamos no trabalho e no dinamismo da nossa cidade. E continuaremos a trabalhar com a mesma intensidade para continuar a crescer e construir um futuro melhor para todos nós.

Giovanna Castellucci, sócia diretora do Nelson Wilians Advogados e da NW Soluções e Recuperação de Créditos

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário