A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 23 de Junho de 2017

16/02/2017 10:56

Especialistas recomendam sacar FGTS para pagar dívidas ou investir

Priscilla Peres
Calendário divulgado nesta semana.Calendário divulgado nesta semana.

O saque do FGTS de contas inativas começa a ser feito em 10 de março, mas antes de se animar com o dinheiro extra e sair gastando, especialistas aconselham a priorizar o pagamento de contas ou fazer investimentos.

O professor da UnB (Universidade de Brasília) Roberto Bocaccio, afirma que o cidadão que tem direito par sacar deve ser prático e pagar ou diminuir o saldo de dívidas, adiantando parcelas a pagar. A intenção é reduzir o endividamento, segundo entrevista dele à Agência Brasil.

É importante que as pessoas evitem usar o dinheiro do FGTS para adquirir bens de consumo imediato. O professor recomenda pagar contas e, se sobrar, fazer investimento em algum fundo com remuneração mais elevada do que a do FGTS.

“É importante que a pessoa se lembre que o FGTS foi criado para garantir um socorro lá na frente, para o beneficiário ou seus dependentes. Então, é essencial que esse valor seja bem utilizado em uma capitalização ou em bens duráveis”, explica.

Especialistas tem recomendado sacar o dinheiro e uma ideia de investimento é aplicar em renda fixa ou no Tesouro Direto. “No caso do Tesouro Direto, a pessoa vai escolher de acordo com a remuneração e prazo do investimento. Essas opções não exigem tanta pesquisa e acompanhamento sistemático, são mais fáceis de se fazer”, exemplifica Bocaccio.

Quem e como - De acordo com os dados divulgados ela Caixa, os trabalhadores que deixaram seus empregos até 31 dezembro de 2015 têm direito a sacar o FGTS das contas inativas. Eles terão várias opções para recebimento dos valores.

Quem tem conta-corrente na Caixa poderá pedir que o valor do FGTS seja depositado em conta. O saque também pode ser feito em caixas eletrônicos. Para valores de até R$ 1.500, é possível sacar só com a senha do cartão do Cidadão, mesmo que o beneficiário tenha perdido o documento. Para valores de até R$ 3.000, o saque pode ser feito com Cartão do Cidadão e a respectiva senha.

O trabalhador também pode optar transferir o valor para sua conta bancária em outro banco, sem o pagamento de taxa. Para isso, deve esperar sua vez no calendário e ir até a Caixa pedindo a transferência.

A retirada dos valores do FGTS inativo também pode ser feita em agências lotéricas e correspondentes Caixa Aqui. Neste caso, o beneficiário vai precisar do Cartão do Cidadão, da respectiva senha e de um documento de identificação.

Também há a possibilidade de retirar o dinheiro nas agências bancárias. Os documentos necessários são o número de inscrição do PIS e o documento de identificação do trabalhador. É recomendado levar também o comprovante da extinção do vínculo (carteira de trabalho ou Termo de Rescisão do Contrato de Trabalho).




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions