A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 27 de Junho de 2017

16/02/2017 07:59

Unidades da Caixa abrem às 9h para atendimento exclusivo do FGTS

Priscilla Peres
Banco colocou atendimento exclusivo para o FGTS. (Foto: Elci Holsback)Banco colocou atendimento exclusivo para o FGTS. (Foto: Elci Holsback)

Nesta quinta-feira (16), as agências da Caixa Econômica Federal continuam abrindo duas horas mais cedo, para tirar dúvidas da população sobre o saque das contas inativas do FGTS (Fundo de Garantia por Tempo de Serviço). Todas as unidades do banco público abrem hoje às 9h.

Ontem houve uma corrida às agências e atendentes se mobilizaram para orientar a população. A recomendação inicial é de consultar saldo, calendário e condições de saque pelo site criado especialmente para isso (www.caixa.gov.br/contasinativas) ou pelo telefone 0800-726-2017.

Quem for até a agência deve ter em mãos a Carteira de Trabalho, para comprovar suas relações de trabalho e o tempo de saída de cada emprego. Chegando lá, cada pessoa recebe orientação, uma senha e então é encaminhada para atendimento.

As agências também vão abrir aos sábados, das 9h às 15h. Em Mato Grosso do Sul, 37 unidade vão abrir no próximo dia 18, sendo 10 delas só em Campo Grande. Os próximos sábados com atendimento serão 11 de março, 13 de maio, 17 de junho e 15 de julho.

Como sacar - De acordo com os dados divulgados ontem pela Caixa, os trabalhadores que deixaram seus empregos até 31 dezembro de 2015, terão quatro opções para recebimento dos valores.

Quem tem conta-corrente na Caixa poderá pedir que o valor do FGTS seja depositado em conta. O saque também pode ser feito em caixas eletrônicos. Para valores de até R$ 1.500, é possível sacar só com a senha do cartão do Cidadão, mesmo que o beneficiário tenha perdido o documento. Para valores de até R$ 3.000, o saque pode ser feito com Cartão do Cidadão e a respectiva senha.

A retirada dos valores do FGTS inativo também pode ser feita em agências lotéricas e correspondentes Caixa Aqui. Neste caso, o beneficiário vai precisar do Cartão do Cidadão, da respectiva senha e de um documento de identificação.

Também há a possibilidade de retirar o dinheiro nas agências bancárias. Os documentos necessários são o número de inscrição do PIS e o documento de identificação do trabalhador. É recomendado levar também o comprovante da extinção do vínculo (carteira de trabalho ou Termo de Rescisão do Contrato de Trabalho).




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions