A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017

01/09/2011 07:32

Fiems elogia queda de juros e defende redução gradativa da Selic

Edmir Conceição*

O presidente da Fiems, Sérgio Longen, elogiou a decisão do Comitê de Política Monetária (Copom) do Banco Central de baixar os juros básicos da economia brasileira de 12,5% para 12% ao ano e defendeu a manutenção dessa política nas próximas reuniões do órgão. “Acredito que seja o início de um processo de redução gradativa da taxa básica de juros em prol do desenvolvimento do País”, avaliou.

Sérgio Longen lembra que o Governo Federal tinha optado por elevar sistematicamente os juros para frear o consumo e, assim, impedir a volta da inflação, mas, em meio às turbulências nos mercados internacionais, fruto da nova etapa da crise financeira, agora sinaliza que pretende retomar o crescimento econômico. “Trata-se de uma decisão acertada e no momento adequado, só esperamos que ela prossiga”, disse.

Ele ainda acrescenta que a redução da taxa Selic é um importante passo para enfrentar as dificuldades que a economia brasileira começa a sentir com a nova fase da crise mundial. Para o presidente da Fiems, o Brasil tem demanda interna e, caso mantenha os juros elevados, acaba retraindo o consumo e trazendo os efeitos da crise internacional.

(Com informações da assessoria da Fiems)



Ainda bem que eu vi alguem de responsabilidade falar bem da atitude do BCB. Vários comentários que ouvi cedo no jornal contra; das pessoas que nunca acha nada correto estão sempre opinando contra, parece o PSDB fora do Governo. Bem colocado pelo Sergio, eu também vejo que é um começo para diminuir os juros sem problema maior.
 
luiz alves pereira em 01/09/2011 08:00:43
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions