A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 21 de Maio de 2018

11/07/2012 15:48

Gás natural vai ficar de 5% a 15% mais caro para consumidores em MS

Nadyenka Castro

Reajuste de 14,23% foi autorizado pela Agepan. Segundo a MS Gás, o aumento é menor para quem gasta mais e maior para quem consome menos

O gás natural vai ficar de 5% a 15% mais caro para os consumidores de Mato Grosso do Sul. De acordo com o diretor-presidente da MSGás (Companhia de Gás do Estado de Mato Grosso do Sul), Matias Gonsales Soares, o aumento é menor para quem gasta mais e maior para quem consome menos.

Segundo Matias Gonsales, o reajuste é o mesmo para indústrias, comércios e residências. Quem consome em grande quantidade vai pagar 5% mais; o aumento para consumo médio é de 10% e para quem utiliza pouco, 15%. Conforme Matias, o reajuste do GNV (Gás Natural Veicular) é de 5%.

O metro cúbico do gás natural custa cerca de R$ 1,07. Com o aumento, vai passar a R$ 1,2004. De acordo com Matias, o produto ficou sem aumento no metro cúbico por três anos e meio. “Ano passado tivemos que dar por causa do aumento do dólar”, fala.

O diretor-presidente da MS Gás falou ainda que os preços fazem a Empresa competir com outras fontes de energia, como GLP e combustíveis.

O reajuste deve ser publicado em Diário Oficial para começar a ser cobrado. Na edição desta quarta-feira do Diário Oficial do Estado, a Agepan (Agência Estadual de Regulação de Serviços Públicos de Mato Grosso do Sul) publicou portaria autorizando o reajuste solicitado pela MS Gás. Agora, a Agepan deve oficiar a MS Gás.

Em maio, a MS Gás encaminhou à Agepan proposta de revisão tarifária, em função dos reajustes dos preços do gás natural praticado pela Petrobrás somado à valorização do dólar, que é indexador do preço de compra.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions