A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 18 de Outubro de 2018

21/11/2012 16:35

Governo aumentará preço dos combustíveis no momento certo, diz Mantega

Mariana Branco, da Agência Brasil

O ministro da Fazenda, Guido Mantega, disse hoje (21) que o governo aumentará o preço dos combustíveis "no momento certo". O ministro disse que não há demanda da Petrobras por um reajuste de até 15% para 2013. "Não há demanda nenhuma da Petrobras. A Petrobras não tem dificuldade de caixa, tem o maior caixa de todas as empresas brasileiras", disse.

Mantega deu as declarações em resposta à matéria do jornal Folha de S.Paulo publicada nesta quarta-feira, informando que executivos da Petrobras solicitam o aumento a fim de garantir investimentos. "Ela [Petrobras] não tem dificuldade de investimento, pelo contrário. A dificuldade é a de os fornecedores entregarem o produto que foi comprado. Nós temos brigado para que eles entreguem as sondas, as plataformas, os navios para que a gente possa fazer a exploração do petróleo", disse o ministro.

Segundo Mantega, o governo está satisfeito porque o preço do combustível vem se sustentando sem aumentos. Ele destacou que houve renúncia à arrecadação da Contribuição de Intervenção no Domínio Econômico (Cide) para os combustíveis a fim de garantir que o preço da gasolina e derivados ficasse nos mesmos patamares.

O ministro comentou ainda o dólar valorizado em relação ao real, operando na faixa de R$ 2,09. "O câmbio está flutuando. A maioria das moedas desvalorizou porque houve uma apreensão maior com a situação das economias europeia e americana. Ele[real] está na sua trajetória normal. É uma tendência internacional que nós estamos acompanhado", disse.

Dólar sobe 1% e fecha quinta-feira cotado acima dos R$ 3,70
O dólar fechou a quinta-feira (18) cotado acima dos R$ 3,70. A moeda subiu 1,16%, atingindo R$ 3,7250. O Índice Bovespa (Bolsa de Valores de São Paul...
Loja terá que pagar indenização por colocar nome de consumidor no SPC e Serasa
Os desembargadores da 5ª Câmara Cível negaram recurso da rede de varejo Casas Bahia contra sentença que a condenou ao pagamento de R$ 7 mil por danos...
Justiça condena empresa telefônica por bloquear linha de cliente
Os desembargadores da 3ª Câmara Cível negaram recurso da companhia telefônica Tim, condenada em primeiro grau a pagar R$ 8 mil a um morador de Três L...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions