A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 19 de Outubro de 2018

13/12/2012 11:17

Impasse sobre preço suspende fornecimento de gás a usina

Carlos Martins
Usina termelétrica Willian Arjona, em Campo Grande. (Foto: Divulgação)Usina termelétrica Willian Arjona, em Campo Grande. (Foto: Divulgação)

Na edição do Diário Oficial da União que circula nesta quinta-feira, 13, foi oficializada a suspensão da operação comercial da Usina Termelétrica (UTE) William Arjona por meio da utilização de gás natural como combustível e que era fornecido pela MS Gás (Companhia de Gás de Mato Grosso do Sul). A medida é em decorrência de decisão da Agência nacional de energia elétrica por causa de uma batalha judicial que está em andamento entre a Petrobrás - que detém metade do controle da MS Gás - e a Tractebel.

De acordo com a Assessoria de Imprensa da MS Gás, o que está em discussão é o preço cobrado pelo fornecimento de gás. Ao final de um cotrato de cinco anos, a Petrobrás decidiu reajustar o preço do gás repassado para a usina, mas a Tractebel quis manter o mesmo valor cobrado e o impasse foi parar na Justiça.

Segundo a decisão, assinada pelo superintendente de Fiscalização dos Serviços de Geração da ANEEL, Alessandro D´Afonseca Cantarino, a medida não afeta eventual operação com o combustível óleo diesel. “A suspensão da operação comercial é em caráter temporário e vigorará até que a condição de fornecimento de gás natural seja restabelecida”, diz trecho do despacho.

Inaugurada em 1999, A UTE Willian Arjona está localizada no Distrito Imbirussu, em Campo Gartem capacidade instalada de 190 MW e utiliza como combustível gás natural e óleo diesel. Ela foi a primeira usina movida a gás natural do Brasil, sendo fundamental para viabilizar a criação da MS Gás, que é a concessionária estadual de distribuição de gás e também a responsável pro abastecer a usina. A UTE William Arjona desempenha importante papel na complementação do suplemento energético do Estado, Além de dar suporte aos intercâmbios regionais, garante o suprimento á indústria e aos demais consumidores locais.

A Tractebel Energia opera atualmente 22 usinas - 9 são hidrelétricas, 6 termelétricas e 7 complementares (2 a biomassa, 2 eólicas e 3 Pequenas Centrais Hidrelétricas) - que possuem capacidade instalada de 6.908 MW, o equivalente a cerca de 7% da capacidade instalada total no Brasil.

A empresa foi procurada e ainda não se manifestou sobre o assunto.

Dólar sobe 1% e fecha quinta-feira cotado acima dos R$ 3,70
O dólar fechou a quinta-feira (18) cotado acima dos R$ 3,70. A moeda subiu 1,16%, atingindo R$ 3,7250. O Índice Bovespa (Bolsa de Valores de São Paul...
Loja terá que pagar indenização por colocar nome de consumidor no SPC e Serasa
Os desembargadores da 5ª Câmara Cível negaram recurso da rede de varejo Casas Bahia contra sentença que a condenou ao pagamento de R$ 7 mil por danos...
Justiça condena empresa telefônica por bloquear linha de cliente
Os desembargadores da 3ª Câmara Cível negaram recurso da companhia telefônica Tim, condenada em primeiro grau a pagar R$ 8 mil a um morador de Três L...


Bela sacanagem. Fazem propaganda para trazer uma usina importantíssima dessa para cá e depois vêm as vigarices. Que a insegurança jurídica tenha fim muito em breve.
 
Cristiano Arruda em 13/12/2012 12:10:11
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions