A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 15 de Dezembro de 2018

08/02/2018 10:46

Inflação em Campo Grande fecha em 0,10% em janeiro, aponta IBGE

Ricardo Campos Jr.
Rodoviária de Campo Grande: preço das passagens intermunicipais aumentou em janeiro (Foto: arquivo)Rodoviária de Campo Grande: preço das passagens intermunicipais aumentou em janeiro (Foto: arquivo)

A inflação no mês de janeiro em Campo Grande fechou em 0,10%, queda de cinco pontos percentuais em relação aos resultados de dezembro medidos pelo IPCA (Índice de Preços ao Consumidor Amplo), que considera aos impactos nas famílias com rendimentos de um a 40 salários mínimos.

Os resultados foram divulgados pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) nesta quinta-feira (8).

A inflação na Capital foi a quinta menor entre as capitais e regiões que fazem parte do estudo. A única a registrar valores negativos foi Brasília, que fechou com -0,15% depois de atingir 0,59% no último mês de 2017.

Entre os itens que mais pesaram nesses resultados está o grupo transportes, onde estão, por exemplo, os combustíveis, que variaram 2,58% no começo do ano, principalmente a gasolina, que aumentou 2,44%.

Na Capital sul-mato-grossense também pesou o reajuste de 1,95% nas tarifas dos ônibus intermunicipais.

Já o grupo habitação teve queda de 0,85% puxada pelas contas de energia elétrica que ficaram em média 4,73% mais baratas. Contudo, nesse seguimento as taxas de água e esgoto acabaram sendo os vilões pelo reajuste de 1,83% que entrou em vigor no dia 6 de janeiro em Campo Grande, segundo o IBGE.

Para cálculo do índice do mês foram comparados os preços coletados no período de 29 de dezembro de 2017 a 29 de janeiro 2018 (referência) com os preços vigentes no período de 30 de novembro a 28 de dezembro de 2017 (base).

O índice nacional, segundo o IBGE, apresentou variação de 0,29%, o mais baixo para os meses de janeiro desde 1994, quando foi criado o Plano Real. No acumulado dos últimos doze meses, o índice desceu para 2,86%, ficando abaixo dos 2,95% registrados nos 12 meses imediatamente anteriores. Em janeiro de 2017 a taxa foi 0,38%

Menor abrangência – O IPC (Índice Nacional de Preços ao Consumidor), que leva em consideração apenas as famílias com renda de um a cinco salários mínimos, se manteve em 0,01% em Campo Grande no mês de janeiro, o terceiro menor do país. A Capital tem índice acumulado de 0,29% no ano



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions