A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017

06/03/2012 09:35

Inflação tem queda e fecha fevereiro em 0,36% em Campo Grande

Marta Ferreira
Preços da carne tiveram queda e ajudam na redução do índice inflacionário. (Foto: João Garrigó)Preços da carne tiveram queda e ajudam na redução do índice inflacionário. (Foto: João Garrigó)

A inflação em Campo Grande caiu em fevereiro em relação ao mês de janeiro, fechando em 0,31%, contra 0,83% do mês anterior, conforme o IPC (Índice de Preços ao Consumidor) divulgado hoje. No ano, a inflação acumulada nos dois primeiros é de 1,14% e nos últimos 12 meses é de 5,62%.

O índice menor já era esperado e o principal responsável foi a queda de preços na alimentação, de 0,66%. Além disso, lembrou o coordenador da pesquisa e professor da Anhanguera, Celso Correia de Souza, em janeiro o custo de vida foi pressionado pelas mensalidades escolares.

No mês passado, apesar dos aumentos da tarifa de água/esgoto e do IPTU, do grupo Habitação, a inflação teve um baixo índice, indicando que está sob controle. Isso indica que, por enquanto, se mantém a expectativa de cumprir o centro da meta do CMN (Conselho Monetário Nacional), de 4,5%, com tolerância de dois pontos para cima.

Em fevereiro, dos sete grupos que compõem o IPC/CG, três tiveram deflações: Alimentação (-0,66%), Transportes (-0,50%) e Educação (-0,04%). Os demais apresentaram inflações: Habitação 1,46%, Vestuário 0,56%, Despesas Pessoais 0,47% e Saúde 0,23%. “A maior contribuição positiva para a inflação foi do grupo Habitação, 0,47%, e a maior negativa foi a do grupo Alimentação, de (-0,17%). As contribuições são diretamente proporcionais aos índices com as respectivas ponderações”, analisa.

O item que fez uma das maiores diferenças foi a Alimentação, com deflação de 0,66%, puxada principalmente pela queda nos preços das carnes.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions