A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 30 de Abril de 2017

14/04/2017 10:24

Mais barato, pacu lidera preferência de clientes de última hora nas peixarias

Aline dos Santos, Marcus Moura e Willian Leite
Peixaria Mercadão lotada na manhã desta sexta-feira. (Foto: Willian Leite)Peixaria Mercadão lotada na manhã desta sexta-feira. (Foto: Willian Leite)

Na corrida pelo peixe para o almoço desta Sexta-feira Santa, quando boa parcela da população segue a tradição de evitar a carne vermelha, o pacu sai na frente no gosto dos compradores de última hora. Uma explicação para o sucesso é o preço. Enquanto o pacu pode custar R$ 13,99 o quilo, o Campo Grande News encontrou pintado vendido por até R$ 29.90 o quilo.

Horas antes do almoço, o movimento foi intenso na peixaria Mercadão, que reforçou o estoque em 15% e aumentou o número de funcionários de 10 para 20. As medidas foram para atender os retardatários, que formaram fila na peixaria localizada no Mercadão Municipal de Campo Grande.

De acordo com o proprietário Cleobes Linhares, são ofertados 50 tipos de peixes e o faturamento cresceu 10% em relação ao ano passado. Os mais vendidos são pacu (R$ 23,90 o quilo) e pintado (R$ 29,90 o quilo).

“O bacalhau está saindo na medida do possível”, conta Cleobes. Protagonista de pratos cobiçados na Semana Santa, o filé de bacalhau congelado custa R$ 39,80 o quilo. Uma opção mais em conta é sardinha limpa: R$ 9,90 o quilo. A peixaria fecha às 12h.

Na fila, o comerciante Walter Rainche, 50 anos, diz que o plano inicial era ir para chácara e pescar. Mas, como os planos mudaram, foi à peixaria garantir o principal ingrediente do almoço. “Vou comprar pacu para fazer frito”, afirma.

Olivia Fátima da Silva, 52 anos, conta que deixou a compra para a última hora à espera de dinheiro. “Recebi ontem à noite e vou fazer um ensopado de pintado”, diz.

Bairros - No Jardim Leblon, o dono da peixaria MS, Luiz Carlos Barbosa, avalia que as vendas aumentaram em comparação a 2016. “O movimento está bem maior do que no ano passado. Muita gente deixa para comprar entre ontem e hoje porque em alguns serviços o feriado começou ontem. O que mais sai aqui é pacu, pintado e tilápia”, afirma.

A opção mais em conta é o pacu, vendido a R$ 13,99 o quilo, seguido por pintado (R$ 19,99) e tilápia (R$ 29,99). A peixaria funciona até às 13h.

Uma das clientes na manhã desta sexta-feira era a analista financeira Joice Amorim, 57 anos. “Além de ser a Sexta-feira Santa é também aniversário da minha netinha. Decidimos nos reunir e comemorar tudo junto. Aí, acabou faltando um pouco de peixe e eu vim para completar”, diz.

Contudo, também há comerciante que reclama de queda nas vendas. Proprietário de peixaria no bairro Guanandi, Amilton José Stefanello conta que em 2016 as vendas foram melhores, com cerca de 30% a mais. Hoje, os mais vendidos na peixaria Beira Rio são pacu (R$ 16,95 o quilo), pintado (R$ 19,90) e carcaça de pintado (R$ 5).

“A carcaça de pintado sai bastante, as pessoas gostam para fazer caldos”, diz Amilton. A peixaria fecha às 13h.

Joice também comemora o aniversário da neta hoje e foi reforçar compras de  peixe para o almoço.
(Foto: Alcides Neto)Joice também comemora o aniversário da neta hoje e foi reforçar compras de peixe para o almoço. (Foto: Alcides Neto)
Clientes de última hora em peixaria no Jardim Leblon. (Foto: Alcides Neto) Clientes de última hora em peixaria no Jardim Leblon. (Foto: Alcides Neto)
Rodoviária reforça trabalho para operação durante o feriado de Páscoa
A rodoviária de Campo Grande inicia nesta quinta-feira (13) e encerra na segunda-feira (17) o reforço no trabalho para operação especial de feriado d...
O papel da escola na celebração da Páscoa
Sabemos que a Páscoa é a celebração mais importante para os cristãos e, por extensão, para nós que atuamos em escolas confessionais católicas. Não se...



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions