A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 20 de Junho de 2018

21/06/2017 11:43

Pecuaristas querem redução de ICMS do boi para vender a outros estados

Priscilla Peres e Leonardo Rocha
Reunião aconteceu nesta manhã. (Foto: Divulgação)Reunião aconteceu nesta manhã. (Foto: Divulgação)

Pecuaristas de Mato Grosso do Sul pediram ao governo do Estado a redução da alíquota de ICMS (Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços) sobre o preço do boi para venda. Eles querem que o índice caia de 12% para 7% por três meses.

A justificativa apresentada hoje ao governo, é de que a redução ajudaria pecuaristas a vender gado para outros estados e principalmente outros frigoríficos, além do JBS. A comissão formada por entidades ligadas ao agronegócio, alega que o produtor de MS está "preso" ao JBS e tendo prejuízos.

Presidente da Comissão de Agricultura e Pecuária, o deputado estadual Marcio Fernandes (PSDB), afirma que na atual situação o pecuarista "não tem pra quem vender o gado", visto que a JBS mudou a política de compra, para pagamento apenas a prazo. A consequência é a maior quantidade de boi no pasto na espera por preços melhores.

O secretário de Fazenda, Marcio Monteiro, participou da reunião e pediu prazo até amanhã para analisar o impacto financeiro nas contas estaduais e então dar a resposta. "Eu entendo que é melhor reduzir a alíquota do que deixar o boi parado no campo", disse o deputado Marcio Fernandes.

O deputado Eduardo Rocha (PMDB) disse que muito da situação atual acontece devido a queda no preço pago pelo gado, aliado aos recentes escândalos envolvendo a cadeia produtiva, como a Operação Carne Fraca, a delação da JBS e a consequente queda no consumo.

"Se aprovada a medida vai beneficiar principalmente produtores da região sul e costa leste do estado. A intenção também é igualar a alíquota cobrada em outros estados".



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions