A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 24 de Setembro de 2018

01/09/2018 17:17

Teto da gasolina bate recorde do ano e beira os R$ 5,00 em Campo Grande

Agência encontrou o produto por R$ 4,97 nesta semana na cidade

Ricardo Campos Jr.
Veículo sendo abastecido em posto de Campo Grande (Foto: arquivo)Veículo sendo abastecido em posto de Campo Grande (Foto: arquivo)

Por apenas três centavos o preço da gasolina mais cara encontrada esta semana em Campo Grande não atingiu a marca dos R$ 5. Mesmo assim, o teto do produto bateu recorde do ano vendido por R$ 4,97.

Os números constam na pesquisa feita pela ANP (Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustível) entre o domingo (26) e este sábado (1º).

Esse teto é o quinto mais alto entre as capitais, perdendo apenas para Rio de Janeiro (R$ 5,25), São Paulo (R$ 4,99), Belo Horizonte (R$ 4,998) e Rio Branco e Salvador empatados na quarta colocação com R$ 4,99.

Já o combustível mais barato era vendido por R$ 3,87 em um posto da Ipiranga na Avenida Coronel Antonino, também o mais em conta de Mato Grosso do Sul.

Esse piso sofreu queda de 1,78% em relação à semana passada, quando atingiu R$ 3,94. A média de todos os postos consultados foi calculada em R$ 4,09 e acumula alta de 1,23% desde o dia 18 de agosto.

O preço da gasolina mais cara de Campo Grande também foi o maior do estado e conseguiu desbancar Três Lagoas, que tradicionalmente tem os maiores preços porque sofre com problemas na logística de transportes. Os caminhões-tanque passam direto pelo Bolsão porque precisam ir primeiro até a central de distribuição que fica na Capital. O produto então refaz todo o caminho para abastecer os postos.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions