ACOMPANHE-NOS    
DEZEMBRO, TERÇA  07    CAMPO GRANDE 28º

Enquetes

Maioria discorda de proibir divulgação de vídeos sobre infrações de trânsito

No entanto, a proposta de lei tem aprovação de 48% das respostas da última enquete

Por Guilherme Correia | 22/10/2021 08:47
PRFs durante uma ação que coibia a prática de 'rachas' em MS. (Foto: Direto das Ruas)
PRFs durante uma ação que coibia a prática de 'rachas' em MS. (Foto: Direto das Ruas)

A maioria dos leitores que responderam a enquete do Campo Grande News, discorda do projeto de lei que proíbe a divulgação de infrações de trânsito nas redes sociais. Cerca de 52% das respostas são daqueles que não concordam, enquanto 48% aprovam essa proposta.

O leitor Marcos Hiroshi questiona a existência dessa legislação, pois acredita que seria facilmente desrespeitada. "De que adianta mais uma lei? Só pra ser descumprida? Deveriam fiscalizar melhor, assim não haveria mais 'vídeos de infrações'". Já a leitora Danielly Alves, que também discorda, sugere a criação de um espaço próprio para esse tipo de prática.

O projeto - Na terça-feira (19), o Senado Federal aprovou a proposta, mas ponderou algumas alterações e o texto voltará para a Câmara dos Deputados Federal. Ao final, será vetada, ou não, pelo presidente, Jair Bolsonaro (sem partido).

O PL pune a divulgação, em meios digitais, eletrônicos ou impressos de qualquer tipo, de infração que coloque em risco a segurança no trânsito. Entre as irregularidades classificadas como crime, estão os "rachas" e a exibição de manobras.

O projeto foi feito pela deputada federal Christiane de Souza Yared (PL-PR). Ele também coloca como exceção, eventuais denúncias desses atos, como forma de utilidade pública. De acordo com o senador Fabiano Contarato (Rede-ES), o uso de vídeos e mídias digitais para disseminar tais conteúdos é uma "afronta inadmissível às autoridades de trânsito".

Campo Grande News - Conteúdo de Verdade


Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário