A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017

16/07/2010 07:00

Festival terá mentiras e invenções de Manoel de Barros

Redação

Pela primeira vez, o documentário "Só dez por cento é mentira", a "desbiografia" do poeta Manoel de Barros, será exibida em Mato Grosso do Sul.

Lançado em janeiro deste ano, o longa-metragem será exibido logo no 1º dia do Festival de Inverno de Bonito (28 de julho), às 8h, no EcoEspaço próximo a Praça Central. A atração é gratuita.

O nome do documentário é uma referência à frase do poeta pantaneiro "noventa por cento do que escrevo é invenção. Só dez por cento é mentira".

Até então, as exibições do documentário sobre o maior poeta vivo permaneciam restritas ao eixo Rio-São Paulo.

Vencedor dos prêmios de melhor documentário longa-metragem do II Festival Paulínia de Cinema 2009 e de melhores direção de longa-metragem documentário e filme documentário longa-metragem do V Fest Cine Goiânia 2009, a "desbiografia" é também um mergulho no mundo poético de Manoel de Barros, compactuando com a linguagem inventiva.

Com direção e roteiro do jornalista e escritor carioca Pedro Cezar, o filme tem sequências de entrevistas inéditas do escritor, versos da obra e depoimentos de leitores apaixonados.

Manoel de Barros é cuiabano de nascimento e corumbaense de criação. Ele mora em Campo Grande.

"Você tem que ter consciência, rapaz, que isso aí é uma obra de arte", diz o poeta ao amigo Athayde Nery após assistir o filme, em vídeo disponível no Youtube.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions