A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017

01/11/2011 19:12

Atrás dos “fora de série”, olheiros do Santos avaliam 500 garotos na Capital

Fabiano Arruda

Peneirada do Peixe começou ontem em Campo Grande e ainda vai para Dourados

Atletas brigam pela bola no estádio Morenão. Cada jogo tem apenas 20 minutos de duração. (Foto: Pedro Peralta)Atletas brigam pela bola no estádio Morenão. Cada jogo tem apenas 20 minutos de duração. (Foto: Pedro Peralta)

Profissionais do Santos Futebol Clube avaliam, desde ontem, no estádio Morenão, em Campo Grande, jogadores com idades entre 11 e 18 anos, que participam de peneirada.

Cerca de 500 garotos passaram pela avaliação somente nesta terça-feira. Ontem, outros atletas já foram analisados na Capital.

O teste, realizado por meio da escolinha Meninos da Vila, ainda será realizado na quinta e sexta-feira em Dourados. Os resultados devem sair em 10 dias.

De chuteiras coloridas, cabelos no estilo Neymar, os meninos têm apenas 20 minutos em cada jogo para mostrar o que sabem e dar um passo rumo ao sonho de ser jogador profissional de futebol.

Fora dos testes, o goleiro Carlos Alberto dos Santos Jr, de 12 anos, observa os colegas correndo em campo. Ele foi aprovado, após testes realizados no mês passado, no Centro de Treinamento do Santos, e passa a integrar o elenco do Peixe a partir do ano que vem.

A mãe de Carlos Alberto terá que o acompanhar em Santos no início dos trabalhos, já que ele só pode morar sozinho na cidade a partir dos 14 anos.

“Consegui (aprovação) com muita persistência, já que comecei a treinar somente no ano passado”, comentou o arqueiro que tem 1,85 metro de altura.

O garoto diz que tem o goleiro Rafael, do Santos, como o grande ídolo. “Pelo que ele é no campo e fora dele”, pontuou.

Já dentro do campo nesta tarde, quem chamou atenção foi Karina Pereira, de 15 anos, a única menina a jogar hoje, já que teste feminino foi realizado ontem.

Lateral direita, ela mostrou boa condição física, deu bons passes e cumpriu o papel de marcação na partida. “A expectativa é das melhores. Quero seguir a carreira de jogador profissional”, definiu, minimizando a diferença de ter atuado entre os meninos.

Lima, ex-jogador do Santos na era de Pelé, é um dos olheiros do Santos.Lima, ex-jogador do Santos na era de Pelé, é um dos olheiros do Santos.

Olhar veterano - À beira do campo, um dos olheiros do Peixe é Antônio Lima dos Santos, de 69 anos. Ele jogou no clube por 11 anos ao lado de Pelé e compôs um dos melhores times da história da equipe praiana, que conquistou os títulos da Taça Libertadores da América em 1962 e 1963.

Responsável por observar jogadores nas 72 franquias do Santos espalhadas pelo País e acostumado a analisar milhares de atletas em cada peneirada, Lima diz não ter dificuldade para identificar o craque.

“O craque se diferencia por um passe, por um movimento, ele pratica os fundamentos do futebol sem esforço e faz com muita facilidade o que os outros acham difícil. Ele comanda sem saber e tem humildade por fazer tudo isto”, descreveu.

Para ele os testes em Campo Grande são uns dos maiores em todo País. “É difícil encontrarmos zagueiro e lateral e aqui conseguimos”, destacou.

Aos jogadores que serão reprovados na Capital, Lima aconselha a persistência. “Não adianta desistir porque, muitas vezes, os escolhidos nos testes não vingam na carreira. E quem foi reprovado tem de continuar treinando para ocupar a vaga deste que foi aprovado, mas não deu certo”, resumiu.

Sobre o futebol brasileiro, o veterano se derrete pelo atacante Neymar que, nesta terça-feira, mesmo atuando no País, foi um dos indicados ao prêmio Bola de Ouro, que tradicionalmente elenca os melhores pelos clubes europeus.

“O apoio familiar fez toda a diferença na carreira do Neymar e é este o conselho que eu dou às famílias de outros garotos: livrem-se dos empresários e contratem apenas advogados para adquirirem orientação jurídica”, disparou.

Ao longo dos 55 anos de vida no mundo da bola, Lima define o futebol atual como “uma feira livre”. “Tem atleta com 11 anos que já tem empresário. Isto é um absurdo”, criticou.

Até sobre a seleção brasileira o profissional do Santos aproveitou para opinar. Para ele, o técnico Mano Menezes ainda não tem um time, o que é preocupante pela proximidade da Copa do Mundo de 2014.

“A seleção precisa definir um time e um esquema tático o mais cedo possível. Temos bons jogadores”, opinou Lima, que fez parte da seleção brasileira na Copa do Mundo de 1966.



OI...Meu nome e Marcos Vinicius tenho 14 anos,eu amo futebol queria fazer um teste de futebol se tiver alguma possibilidade me avise tenho um sonho,de todo garoto da minha idade.
ser um jogador de futebol e representar o pais na copa do mundo meu FACEBOOK https://www.facebook.com/viniciusgambis obrigado (67)92177043
 
Marcos Vinicius Fernandes da Silva em 25/11/2013 11:11:35
olá tudo bem..Gostei muito desse trabalho feito por vocês para dar uma chance a esses jovens talentos,mas fico triste por não ter a mesma sorte que eles ao receber um time grande como o santos digo peneira ,meu nome é Ronaldo tenho 17 anos nasci em 28/07/1994 e sou goleiro e sou confiante quanto a meu poder de defesa. tel:3701-4071 meu e-mail é naldinho.hiphop@homail.com não deixe eu ser só mais1
 
Ronaldo Barauna Santos em 22/02/2012 09:40:19
Olá! Edu Lima, aqui na minha cidade tem um garoto, que joga de meia esquerda, bom de bola, tem 17 anos, ele tem um contrato que vence em março/12 ele já jogou no gremio de porto alegre categoria de base. e seu empresário mandou-o para casa. Eu disse a ele que iria entrar em contato contigo. aguardo resposta.obrigado.fone para contato;44-98381254, Guaíra/PR.
 
devanir alves em 02/12/2011 05:10:29
achei bom e queria muito ter essa oportunidade meu nome e Cleiton tenho 1 m 86 e sou lateral esquerdo e atacante mais dedico mais a lateral e queria fazer um teste ai tenho nasci em 26/09/1996 meu numero e 03191902912 e tente me responder no meu e.mail to a disposição ....................
 
cleiton da silva em 17/11/2011 02:06:28
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions