A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 16 de Dezembro de 2017

22/05/2013 14:52

Campeões pelo Cene ainda amargam procura por novo clube

Helton Verão
Guilherme, Uélison Santana e Rodrigo foram destaques no Campeonato Sul-Mato-Grossense 2013 e estão sem clubes Guilherme, Uélison Santana e Rodrigo foram destaques no Campeonato Sul-Mato-Grossense 2013 e estão sem clubes

Euforia, elogios e prêmios. Tudo passou e vários campeões estaduais de 2013 pelo Cene amargam a procura por um clube para jogar no segundo semestre, já que o Furacão Amarelo não tem mais competições este ano.

Guilherme, o melhor goleiro da competição, menos vazado e que ainda defendeu três pênaltis, faz parte do grupo dos “esquecidos” e batalha para arranjar um clube para jogar no segundo semestre. “O planejamento foi bem feito. Cheguei a Campo Grande para ser campeão e o melhor goleiro da competição e isso aconteceu. Precisava do reconhecimento, estou preocupado”, revela Guilherme Marquini, de 24 anos.

Mudar de profissão jamais passou pela cabeça, diz Guilherme. “Tenho muita coisa ainda pra apresentar, estou em uma idade boa”, comenta o arqueiro que aguarda por uma definição em sua cidade natal, Guararapes-SP.

Segundo o atleta, há uma negociação com o próprio Cene para renovar seu vínculo e ser emprestado ao Águia Negra para jogar o Campeonato Brasileiro da Série D, que começa no próximo dia 1º. “Pediram alguns dias para definir, eu iria emprestado para o time de Rio Brilhante e retornaria no ano que vem ao Cene”, explica Marquini.

Outro caso semelhante é do zagueiro Rodrigo, premiado como um dos zagueiros da competição, o atleta agora conta com o trabalho do mesmo empresário do atacante Careca e não vê a hora de fechar com um novo clube. “Houve o contato do Brusque-SC, mas não passou disso. Angustia vai aumentando de ficar em casa, só sai dinheiro, não entra nada. Fora a forma física que vamos perdendo aos poucos”, ressalta Rodrigo Fagundes, que marcou dois gols na competição.

Segundo o zagueiro de 26 anos, natural de Coxim, ele treina por conta própria para não ficar fora de forma. “Estou correndo todos os dias, mas não é a mesma coisa como treinar com o preparador físico e toda a equipe”, compara Rodrigo.

Nos últimos dias aconteceram conversas com o Boa Esporte-MG (que disputa a série B do Brasileirão), do Rio Branco de Americana-SP e XV de Piracicaba, mas nenhuma se concretizou.

O senhor das assistências no Campeonato Sul-Mato-Grossense 2013, o meia Uéllisson Santana não foi o meia da competição por orgulho dos organizadores. Com quatro gols e 15 assistências, ele era o cérebro da equipe campeã. E segue sem clube também.

“Estou em casa esperando respostas que não chegam. Logo no dia seguinte à final, recebi sondagens do Guarani de Divinópolis-MG e do Grêmio Barueri-SP, mas não me procuraram mais. Fico em casa na expectativa pelo contato e não aconteceu até agora” lamenta Uélison.

Com 24 anos, o meia revela que já passou pela sua cabeça pensar em parar. “O sonho fala mais alto. Mas meus pais me dão apoio para não procurar outra coisa a não ser o futebol”, conta Santana.

Do elenco 2013 do Furacão Amarelo, além dos três jogadores, estão sem clube ainda o lateral esquerdo Moraes, o lateral/volante Cafú, o volante Jaime e o atacante Buiu.

O artilheiro da competição com 19 gols Careca foi apresentado nesta terça-feira (21) ao Paysandu. Outro nome presente na seleção do estadual, o lateral direito Arnaldo já treina no grupo do Oeste-SP. Ambos irão disputar o Campeonato Brasileiro da Série B.

O volante Márcio, de 33 anos acertou sua ida para o Santa Cruz-PE e vai disputar o Brasileirão da Série C.

O técnico Valter Ferreira, que hoje treina o Olímpia no interior de São Paulo, levou consigo uma “panelada” de jogadores para o clube. Com ele foram o zagueiro Bruno, os volantes Yuri, Vina e Naka, também o jovem atacante Thiago Mello.

O talismã Kérverson e o lateral esquerdo Fabiano estão acertando detalhes para jogar pelo Águia Negra na Série D. Biro Biro e Erik deverão acertar com a Portuguesa-MS para jogar a série B do estadual.

Os únicos clubes de Mato Grosso do Sul que ainda disputam competições em 2013 são o Águia Negra, pela Série D e o Naviraiense pela Copa do Brasil, caso não seja eliminado no STJD nesta quarta-feira por escalar jogador irregular.



Porque vocês não falam ai que o sonho era que o Naviraiense fosse eliminado no tapetão... mas vocês vão ter que nos engolir mais uma rodada na Copa do Brasil. kkk manda um abraço para o Cesário kkkk graças a pessoas iguais a vocês que o MS é essa alegria.
 
Denilson Aurélio em 22/05/2013 19:09:50
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions