A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 14 de Dezembro de 2017

29/12/2015 16:01

Campo-grandenses se unem pra correr e festejar na São Silvestre

Thiago de Souza
Campo-grandenses brincam com a turma do Chaves na São Silvestre. (Foto: Arquivo Pessoal)Campo-grandenses brincam com a "turma do Chaves" na São Silvestre. (Foto: Arquivo Pessoal)
Tom Oliveira na São Silvestre, três meses após fazer cirurgia no cérebro. (Foto: Arquivo Pessoal)Tom Oliveira na São Silvestre, três meses após fazer cirurgia no cérebro. (Foto: Arquivo Pessoal)
Casal Shirleyde e Monacy correm pela terceira vez juntos na São Silvestre. (Foto: Facebook)Casal Shirleyde e Monacy correm pela terceira vez juntos na São Silvestre. (Foto: Facebook)

Um grupo de dez campo-grandenses vai se reunir em São Paulo nesse dia 31 de dezembro para participar da tradicional Corrida São Silvestre. Pela terceira vez seguida, os amigos Tom Oliveira e Chico Júnior vão encarar os 15 quilômetros de percurso e prometem fazer uma grande festa nas principais avenidas da capital paulista.

Tom Oliveira é engenheiro civil e ambiental. Ele participa do grupo de corridas Amigos do Asfalto em Campo Grande e corre em vários eventos na cidade. Porém relata que a São Silvestre tem um significado especial. Em setembro de 2013 Tom passou por uma cirurgia no cérebro, pensou até que não ficaria vivo e decidiu participar da corrida, naquele ano mesmo, como uma forma de saudar a vida. A partir daí tomou gosto pelo esporte e segue rumo a terceira edição. “É uma sensação diferente. O corpo todo arrepia ao passar pelos principais pontos de São Paulo. A corrida começa às 9h, mas às 6h já tem gente fazendo festa”, relatou.

O corredor disse que planeja a ida com três meses de antecedência e ganhou a viagem pelo programa de milhagens da companhia aérea. Ele embarca para a capital paulista na tarde dessa terça-feira (30) e deve se encontrar com outros corredores de Campo Grande no Masp (Museu de Arte de São Paulo).

O casal de empresários da capital Shirleyde Moura, 55, e Monacy Carlos Moura, 58, já estão em São Paulo e fizeram até treino preparatório para a São Silvestre no Parque do Ibirapuera. Eles participam de várias corridas de rua em Campo Grande há pelo menos dez anos. Shirleyde disse que busca bem-estar e saúde na corrida, que participa pela terceira vez. Já o marido encara o percurso da São Silvestre pela sétima vez.

Shirleyde disse que correr pela São Silvestre é uma emoção muito grande. “É inexplicável, só que corre sabe descrever o quanto é bom”, relatou. Na hora da largada, a corredora disse que vai desejar melhoras para a economia brasileira em 2016.

A São Silvestre completa 90 anos de história em 2015 e deve reunir 30 mil pessoas de várias cidades do País e do mundo. A largada será às 9h, na Avenida Paulista.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions