A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017

07/01/2008 21:23

Com divergências e desistentes, estadual está indefinido

Redação

Após a medida polêmica de promover seis clubes em desacordo com o regulamento das competições realizadas em 2007 e de quatro clubes desistirem de participar do campeonato sul-mato-grossense por problemas financeiroso Conselho Técnico da Federação de Futebol reuniu-se hoje para preencher os buracos na tabela da competição e resolver os impasses. Não deu certo.

Clubes como Operário, Cene, Corumbá e Rio Verde não entregaram os laudos técnicos feitos por Corpo de Bombeiros, Polícia Militar e Vigilância Sanitária sobre as condições dos estádios onde têm mando de jogo. O Conselho técnico deu um ultimato para esses clubes: eles devem entregar até amanhã, às 18 horas, o documento que comprova que os estádios têm condições de receber as partidas sob o risco de perderem o mando de jogo.

Apesar das desistências, a FFMS (Federação de Futebol de Mato Grosso do Sul) insiste em manter o calendário que vem sendo divulgado, com início dos jogos neste domingo (13). Segundo a assessoria da entidade, "apenas" Serc (Sociedade Esportiva e Recreativa Chapadão), Camapuã e Ponta Porã oficializaram a desistência de participar da competição. Como o Camapuã primeiramente e depois o Ponta Porã substituíram o Chapadão, a federação quer apenas retirar os jogos contra o time da fronteira da tabela, sem mexer no restante da programação. Com essa decisão, os clubes que enfrentariam na rodada o time de Ponta Porá descansam.

O Paranaibense foi outro que desistiu da competição, mas a federação alega que não recebeu nenhum comunicado oficial dessa decisão.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions