A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 17 de Dezembro de 2017

24/04/2012 19:53

Na disputa pelos Jogos Escolares, objetivo comum é ser profissional

Viviane Oliveira

Na abertura da 27ª edição dos Jogos Escolares 50 escolas estavam presentes, entre estaduais, municipais, particulares e uma federal.

Rogério foi o escolhido para acender a pira olímpica durante a abertura dos jogos na tarde de hoje. (Fotos: João Garrigó)Rogério foi o escolhido para acender a pira olímpica durante a abertura dos jogos na tarde de hoje. (Fotos: João Garrigó)
A edição deste ano conta com mais de 1700 atletas entre 12 e 17 anos. A edição deste ano conta com mais de 1700 atletas entre 12 e 17 anos.

“Meu sonho é fazer do esporte uma profissão”. O relato é do estudante Rogério de Oliveira Silva, 16 anos, um dos 1700 participantes dos Jogos Escolares de Campo Grande.

Rogério foi escolhido para acender a pira olímpica durante a abertura dos jogos na tarde de hoje (24), na Escola Estadual Joaquim Murtinho. O garoto, que pratica atletismo, desde os 11 anos, sonha em participar das Olimpíadas 2016, no Rio de Janeiro.

O atleta, que já viajou para vários estados para disputar campeonatos, conta que pretende conseguir um patrocínio para se dedicar mais os treinos. “Eu treino segunda, terça e quarta-feira pelo menos uma hora e meia”.

Rogério começou a praticar o esporte após um treinador ter feito o convite na escola. “O professor percebeu que eu tinha facilidade para correr e estou até hoje”. Na primeira competição ficou em 3º lugar, lembra.

O garoto quer ser professor de educação física. “Estou dando o melhor de mim para que um dia isto aconteça”, acrescenta.

Para o presidente da Funesp (Fundação Municipal de Esporte), professor Silvio Lobo, a competição tem, além do papel esportivo, um lado social. “Por meio dos Jogos Escolares é possível identificar pequenos talentos no esporte que, por falta de oportunidade, poderiam ficar encobertos durante toda a vida”, pontua.

Talento é o que não falta para o jovem Fabrizio Soares Neto, de 14 anos, morador no bairro Nascente do Segredo. Ele ganhou medalha de ouro nos 250 e 75 metros e no revezamento 4 por 75 ganhou medalha de prata. “Gosto muito do esporte e queria ter como profissão”, disse o atleta de corrida e jogador de futsal.

Jogos Escolares - Na abertura da 27ª edição dos Jogos Escolares 50 escolas estavam presentes, entre estaduais, municipais, particulares e uma federal.

A edição deste ano conta com mais de 1700 atletas entre 12 e 17 anos que serão divididos em duas categorias. Categoria “A” – jovens de 15 à 17 anos e categoria “B” – estudantes de 12 à 14 anos.

As modalidade no individual da categoria “A” são: atletismo, ginástica artística, ginástica rítmica, judô, natação, tênis, xadrez, e Taekwondo. No coletivo têm basquetebol, voleibol, vôlei de areia, futsal e handebol.

Na categoria “B”, as modalidades individuais são: ginástica artística, ginástica rítmica, luta olímpica, tênis de mesa, xadrez, atletismo, natação e judô. No coletivo serão basquetebol, futsal, handebol e voleibol.



eu estou num desses 1700 na categoria B,praticando handebol,tenho 12 anos sou goleiro
 
Bruno Roque em 25/04/2012 02:13:15
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions