A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 19 de Setembro de 2018

11/08/2018 15:08

Operarianos lembram do passado de glória e a volta por cima do time

Evento de comemoração reúne ex-jogadores, torcedores e políticos no Rádio Clube Campo

Leonardo Rocha e Adriano Fernandes
Evento ocorreu neste sábado no Rádio Clube Campo (Foto: Adriane Fernandes)Evento ocorreu neste sábado no Rádio Clube Campo (Foto: Adriane Fernandes)

Na festa comemorativa dos 80 anos do Operário, que está ocorrendo no Rádio Clube Campo, ex-jogadores, torcedores e autoridades lembram do passado de glória do time da Capital, que já esteve entre as melhores equipes do País, mas também não esquecem das dificuldades das últimas décadas. O alento é o retorno aos bons momentos, com o título estadual deste ano.

O evento que tem atrações musicais como a cantora Délinha, chamada de Dama do Rasqueado, assim como os grupo Canto da Terra e a apresentação da Escola de Samba Igrejinha, também serviu para relembrar episódios importantes, como o próprio hino do clube, que chegou a ser censurado durante a Ditadura Militar.

Na entrada do evento, a direção do time colocou stands e mesas com fotos de jogos importantes do Operário, além de troféus e o próprio “hino oficial”, com o carimbo da censura. O atual presidente de clube, Estevão Petralla, disse que assumiu o time há quatro anos atrás “respirando por aparelhos”, mas que as condições e dívidas foram reduzidas.

Outra felicidade dos torcedores foram voltar a vencer o estadual, levantando o troféu depois de 21 anos. Um dos pedidos da direção é que o estádio Morenão esteja 'a disposição dos clubes da Capital, já que é considerado o “berço do futebol” no Estado, assim como haja mais ajuda do poder público. “O time é um patrimônio da cidade”.

Recuperação – O governador Reinaldo Azambuja (PSDB) que foi prestigiar o evento, disse que apesar do time enfrentar muitas dificuldades, tem uma história de glórias e conseguiu a sua recuperação à nível estadual. “Retornou ao lugar que merece, que é de títulos, servindo de exemplo pela dedicação ao esporte”.

O prefeito Marquinhos Trad (PSD) disse que apesar de torcer para o Comercial, disse que tem a obrigação de ouvir e prestigiar todos os times. “Não poderia deixar de prestigiar o evento, como prefeito torço para que os times estejam em boas condições”.

Além dos torcedores antigos, o time ainda consegue novos adeptos. O advogado paulista Dario Ricciardelli contou que logo após mudar para Campo Grande, há quatro anos, resolveu torcer para o Galo. “Fui ao estádio e fiquei contagiado pela paixão dos operarianos, por isso resolvi me tornar mais um torcedor. Fico feliz em conhecer sua história”.

Torcedores puderam conferir fotos de jogos históricos e troféus da equipe (Foto: Adriano Fernandes)Torcedores puderam conferir fotos de jogos históricos e troféus da equipe (Foto: Adriano Fernandes)


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions