A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 22 de Abril de 2019

14/02/2019 15:44

Operário evita caça as bruxas após goleada e eliminação da Copa do Brasil

Clube volta a atenção para o Campeonato Estadual e se prepara para o Brasileiro da Série D.

Gabriel Neris
Ataque do Galo foi pouco eficaz na noite de quarta-feira (Foto: Paulo Francis)Ataque do Galo foi pouco eficaz na noite de quarta-feira (Foto: Paulo Francis)

O primeiro dia do Operário após a goleada e consequente eliminação da Copa do Brasil foi evitar apontar culpados para o placar de 4 a 1. A diferença técnica entre o clube e o Botafogo-PB, time da Série C do futebol nacional, ficou evidente, principalmente na segunda etapa, quando o time sul-mato-grossense esteve com um jogador a menos.

“Não podemos desfocar, sabíamos da qualidade do adversário. Nossa folha é de um quarto da do Botafogo. Por mais que o Operário possa ser a equipe mais organizada em Mato Grosso do Sul o nosso futebol está aquém”, diz o presidente do clube, Estevão Petrallas.

O dirigente também lamentou a oportunidade do clube de ter abocanhado R$ 625 mil de cota da CBF (Confederação Brasileira de Futebol), caso passasse de fase. “Lamentamos, daria uma maior tranquilidade”.

Por outro lado, o presidente do clube ressaltou a presença da torcida na noite de quarta-feira no Morenão. O estádio recebeu 3.145 torcedores, sendo 2.185 pagantes, público pouco comum para a realidade local. “Tenho que destacar a atuação da torcida, todo instante apoiando, aplaudindo, com maturidade”.

O dirigente também descartou qualquer punição ao atacante Thiago Miracema, expulso aos 36 minutos de jogo por agressão. Na súmula da partida, o árbitro Savio Pereira Sampaio descreveu que o atacante recebeu o cartão vermelho direto por “desferir uma cotovelada” no volante Rogério, “sofrendo corte com sangramento”.

“Da nossa parte não [sofrerá punição]. Se sofrer será em relação à comissão técnica, dentro do plantel, não da direção do clube”, disse.

Agora o clube volta as suas atenções ao Campeonato Estadual, onde busca o bicampeonato seguido. O próximo adversário será o Novo, no domingo, às 16h, pela 7ª rodada da fase de classificação. O Galo ocupa a 6ª colocação, com 9 pontos, e ainda tem 2 jogos a menos (contra Urso e Sete de Setembro) em relação a maioria dos concorrentes.

Nos próximos dias o clube também deve conhecer os adversários de grupo do Campeonato Brasileiro da Série D, prevista para começar em abril.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions