A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 15 de Julho de 2018

02/01/2018 10:24

Prefeitura vai ampliar programas de esportes como saúde preventiva

Paulo Nonato de Souza
A meta da prefeitura é chegar aos 2 milhões de atendimentos e trabalhar o esporte como saúde preventiva (Foto: Divulgação)A meta da prefeitura é chegar aos 2 milhões de atendimentos e trabalhar o esporte como saúde preventiva (Foto: Divulgação)

Mais de 1,2 milhões de pessoas fizeram algum tipo de atividade esportiva nos parques e praças de Campo Grande em 2017, estima a Funesp (Fundação Municipal de Esporte e Lazer), que prevê elevar o que chama de atendimentos para 2 milhões de pessoas com novos projetos de esporte e lazer em 2018.

“Os números, que já são bons, vão ficar ainda melhores em 2018, quando a meta é chegar aos 2 milhões de atendimentos, trabalhando o esporte como saúde preventiva. Isso será possível com a ampliação dos locais de atendimento e a inclusão de novas oficinas no projeto Lazer e Cidadania, investindo também nos eventos com a retomada de campeonatos específicos para a pessoa idosa e para os povos indígenas”, diz nota divulgada pela prefeitura nesta terça-feira (2).

Segundo o diretor-presidente da Funesp, Rodrigo Terra, o objetivo é melhorar os projetos desenvolvidos e ampliar as oficinas para envolver mais campo-grandenses.

“Em 2017 tivemos mais de 13 mil pessoas inscritas nos projetos e ações esportivas. Agora, a meta é continuar trabalhando para termos 15 mil inscritos em 2018. Também vamos aumentar os locais de atendimentos de 13 para 20 núcleos e subnúcleos, descentralizando as ações esportivas, além dos projetos e eventos que já aconteceram este ano”, detalhou.

Ao todo, diz a nota, a Prefeitura de Campo Grande promoveu em 2017 cerca de 30 modalidades esportivas diferentes, em projetos focados nos programas de esporte e lazer.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions