A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 14 de Novembro de 2018

11/12/2017 09:49

Saulo diz como venceu maior torneio de poker da América Latina

No BSOP Millions, o campo grandense Saulo Sabioni, de 28 anos, venceu o Main Event, uma espécie de Copa do Mundo do Poker

Paulo Nonato de Souza
A conquista teve muita concentração, estratégias e conversas com ídolos, revelou o campo-grandense Saulo Sabioni (Foto: Divulgação)A conquista teve muita concentração, estratégias e conversas com ídolos, revelou o campo-grandense Saulo Sabioni (Foto: Divulgação)

Ganhar o título de campeão do BSOP Millions, o Brazilian Series Of Poker, entrar para a seleta galeria dos vencedores do maior torneio de poker da América Latina, e ainda embolsar o prêmio de R$ 1.067.150, o maior já pago em uma competição da modalidade no Brasil, definitivamente não é para qualquer um.

Foi o que fez o campo-grandense Saulo Sabioni, de 28 anos, na final do BSOP Millions 2017, disputado no último fim de semana no WTC Sheraton, em São Paulo. Ele superou o field (quantidade de jogadores) de 2.807 entradas no chamado Main Event (evento principal) com os competidores mais relevantes.

“Eu mereço estar nesse momento. Foi um ano de muita dedicação, muito esforço, mas também eu não imaginava que o ano terminaria tão maravilhoso assim, cravando o BSOP Millions, que é um sonho para todos os jogadores de poker. Estou aberto a viver esse momento, porque é um momento que eu sempre sonhei”, disse Saulo, emocionado.

O oponente Francisco Neto, o Netinho, do Espírito Santo, reconheceu em Saulo um adversário mais forte e considerou justo o resultado final (Foto: Divulgação)O oponente Francisco Neto, o Netinho, do Espírito Santo, reconheceu em Saulo um adversário mais forte e considerou justo o resultado final (Foto: Divulgação)

O torneio foi uma verdadeira maratona de cinco dias, muitas horas na mesa e muita concentração em cada lance. Mas a mesa final do BSOP Millions 2017, segundo ele, se desenhou de maneira surpreendentemente rápida.

De fato, os finalistas foram eliminados em pouco mais de quatro horas de disputa, formando o heads-up com Saulo Sabioni e o capixaba de Vila Velha, Francisco Neto, o Netinho. Eles eram os dois jogadores que tinham mais fichas no início da decisão.

Dono de um time de poker online, o Suits Team, Saulo Sabioni, revelou que fez uma preparação especial para a mesa final. “Eu e o meu sócio fizemos uma programação. Convidamos um profissional amigo nosso que a gente admira muito para estudarmos a mesa. Fizemos um estudo, adversário por adversário, traçamos uma meta, uma estratégia para o meu jogo e eu segui à risca essa estratégia”, contou.

Como parte da caminhada vitoriosa, Saulo não esqueceu de destacar a conversa que teve com dois jogadores acostumados a ganhar competições importantes no Brasil e no exterior. “No final do quarto dia eu conversei com dois caras que são inspirações pra mim, o Felipe Boianovsky e o Yuri Martins. Uma conversa rápida, 20 minutos com cada, mas pra mim significou muito pelo mindset de campeão deles. Aquilo me deu uma energia bacana”, declarou.

Diferente do panorama da mesa final, o heads-up foi um longo teste de paciência para os dois finalistas. Depois que os deepstacks ficaram parelhos (montante de dinheiro ou fichas que um jogador tem na mesa, limite que o impede de apostar mais), Saulo e Francisco decidiram fazer um acordo. Eles ficaram com R$ 873.150 cada e o grande campeão com R$ 194.000 extras.

“Para a gente que é profissional, no heads-up temos uma ligeira vantagem contra um recreativo. O Neto é um cara excepcional, mas eu tinha uma vantagem no jogo deep porque é um jogo muito mais técnico. Comecei atrás, mas de pouquinho em pouquinho eu consegui chegar até a cravada”, falou Saulo.

Antes da mão final, Saulo havia construído uma grande vantagem após passar um blefe em Francisco. Na sequência, em um cooler jogado, Saulo completou uma sequência no river e Francisco havia trincado JJ no flop. Não teve escape. Nesse momento, o campeão explodiu de alegria, chorando copiosamente no chão.

Apesar da derrota no heads-up, Francisco Neto comemorou o brilhante resultado. “Dever cumprido. Eu não esperava chegar na mesa final, ainda mais segundo lugar. Fica aquele gostinho de quero mais, podia ter feito diferente. Mas não posso lamentar, meu adversário era muito forte. Ele ganhou o torneio naquele blefe. Foi merecido”, exaltou.

O campo-grandense Saulo Sabioni, de 28 anos, levantou o troféu de campeão e embolsou mais de R$ 1 milhão BSOP Millions 2017 (Foto: Divulgação)O campo-grandense Saulo Sabioni, de 28 anos, levantou o troféu de campeão e embolsou mais de R$ 1 milhão BSOP Millions 2017 (Foto: Divulgação)
De MS, Tiego Zaramella fica em 5º lugar em disputa de “brasileiro” de poker
O campo-grandense Tiego Zaramella, 28 anos, foi eliminado por volta das 21h30 desta quarta-feira (4), e acabou em 5º lugar na final do BSOP Millions,...
Acadêmico da UFMS vence torneio universitário de poker
Andersen Waqued, 20 anos, acadêmico do primeiro ano de administração da UFMS (Universidade Federal de Mato Grosso do Sul), venceu hoje o 3º Desafio U...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions