A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017

25/06/2016 12:59

Tocha Olímpica deixa Bonito e decola de volta para percorrer a Capital

Alberto Dias
Depois da parada no Aquário Natural, helicóptero se aproxima da Praça da Liberdade, em Bonito. (Fotos: Reprodução Facebook) Depois da parada no Aquário Natural, helicóptero se aproxima da Praça da Liberdade, em Bonito. (Fotos: Reprodução Facebook)
Tocha desce de rapel para ser entregue ao próximo condutor. Tocha desce de rapel para ser entregue ao próximo condutor.

Depois de passar pelos principais pontos turísticos de Bonito, a chama olímpica retorna a Campo Grande no mesmo helicóptero do Exército Brasileiro e deve chegar por volta de 13h30 na pista militar da Base Aérea, em frente à avenida Duque de Caxias. Do lado de fora dos portões da Base, um evento é preparado para dar início ao percurso de 40 quilômetros pelas ruas da Capital, quando tochas serão revezadas por 150 condutores.

Durante a manhã em Bonito, a tocha passou pelo Aquário Natural, empunhada pela mergulhadora Karina Oliani. Em seguida, o símbolo das Olimpíadas seguiu em helicóptero da PRF para a Praça da Liberdade, e desceu de rapel conduzida por um oficial até as mãos do Joãozinho da Casa do João. Após uma volta em torno da praça, o fogo olímpico seguiu para a Gruta do Lago Azul, onde foi recebida pelo medalhista Vanderlei Cordeiro de Lima.

Com atraso de mais de uma hora, a tocha decolou de volta à Capital quase às 13h. O comboio aéreo é composto por dois helicópteros e quatro aviões. Em terra, o comboio que acompanhará as tochas e batedores será de aproximadamente um quilômetro, com ônibus, carros de polícia, de patrocinadores e batedores. A passagem vai exigir interdição de vários trechos pela Agetran (Agência Municipal de Transporte e Trânsito).


Trajeto da tocha em Campo Grande - A tocha partirá da Base Aérea às 13h15 e vai seguir pela avenida Duque de Caxias, rua dos Andradas, av. Júlio de Castilhos, rua Cândido Mariano, rua Alan Kardec, rua João Rosa Pires, Praça das Araras, av. Afonso Pena, rua 13 de Maio, rua XV de Novembro, av. Calógeras, av. Costa e Silva até o campus da UFMS.

A partir da Universidade Federal, a tocha vai percorrer de ônibus uma parte do trajeto. Ela volta a ser conduzida nas ruas, no chamado trajeto 2, a partir da rua Spipe Calarge (esquina com a rua do Cruzeiro) e, depois, av. Eduardo Elias Zahran, rua Rui Barbosa, rua Dr. Aníbal, rua 14 de Julho, av. Mato Grosso, Pedro Celestino, rua Maracaju, 13 de Maio, Barão do Rio Branco, Arthur Jorge, passa pela Prefeitura de Campo Grande, av. Afonso Pena, rua Bahia, Av. Mato Grosso, rua Ceará. rua Euclides da Cunha, Rio Grande do Sul, Afonso Pena e chega ao Parque das Nações Indígenas.
A previsão é que a tocha chegue às 19h15 no Parque das Nações Indígenas. O último trecho vai ser percorrido por um índio numa canoa. Ele vai atravessar o lago do parque na embarcação. Depois, uma pira olímpica montada no local vai ser acesa.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions