A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 24 de Junho de 2018

12/05/2018 10:43

Tricampeão vende bolos em semáforo para custear torneio no Equador

Atleta encontrou alternativa criativa para participar de Sul-Americano de Levantamento de Potência, em julho.

Anahi Gurgel
Clayton oferecendo bolos caseiros em semáforo da Capital. (Foto: Anahi Gurgel)Clayton oferecendo bolos caseiros em semáforo da Capital. (Foto: Anahi Gurgel)

O cálculo é preciso: são exatos 45 segundos do semáforo em movimentado cruzamento de Campo Grande para exibir e conseguir vender bolos caseiros. Não é à toa que o educador físico Clayton Munhoz, 46, tem uma agilidade impressionante. Em jogo, sua participação no Campeonato Sul-Americano de Levantamento de Potência, que acontece em julho, em Guayaquil, no Equador.

O atleta acaba de ser convocado para integrar a delegação brasileira na disputa da modalidade conhecida como powerlifting, entre os dias 3 e 7 de julho. Com aporte financeiro do poder público insuficiente para bancar a viagem, ele encontrou nas guloseimas preparadas pela esposa, Bernardeth Franco Munhoz, 40, uma alternativa criativa para juntar o recurso.

“Ela é uma cozinheira de mão cheia, tem experiência no ramo. Pensamos que seria uma boa maneira de juntar o dinheiro. O valor será destinado à inscrição do evento, exame antidoping, passagem aérea, hospedagem e alimentação. Falta pouco. É uma corrida contra o tempo”, diz.

Clayton ao lado da esposa, Bernardeth. Depois de vender todas as unidades, dá tempo de bater um papo com quem apoia a iniciativa. (Foto: Anahi Gurgel)Clayton ao lado da esposa, Bernardeth. Depois de vender todas as unidades, dá tempo de bater um papo com quem apoia a iniciativa. (Foto: Anahi Gurgel)

A ideia está dando certo. O casal escolheu local e horário de bastante fluxo do Bairro Cabreúva e a cada dia conquistam mais clientes. Por dia são comercializados cerca de 12 bolos.

Tem sabor baunilha, fubá, chocolate, formigueiro e de laranja, ao preço de R$ 10 a unidade. Mas tem que ser ligeiro, pois em menos de duas horas, tudo é vendido.

A comercialização acontece de segunda à sexta-feira, na Rua Eça de Queiroz, quase esquina com a Ernesto Geisel, a partir das 17h. Também é possível fazer encomendas pelo telefone (67) 9 9698-7459.

Força pura - Munhoz tem extenso currículo na carreira de atleta - sempre com performance diferenciada. Ao longo dos dez anos em que pratica o levantamento de potência, já participou de seis campeonatos nacionais, conquistou 3 vitórias, sendo vice em outros 3, mais de 8 títulos estaduais e 3 convocações para seleção brasileira.

No powerlifting, vence quem levantar o maior peso no agachamento, supino e levantamento terra.

“No ano passado, fui chamado para o pan-americano, que aconteceu nos Estados Unidos, e para o Mundial da Rússia. Não conseguir participar, mas dessa vez será diferente”, acredita.

O campo-grandense é puro esforço para conseguir representar o Brasil no torneio internacional. A rotina começa às 5h, porque ele precisa conciliar seu trabalho como educador físico nas academias e seu treinamento para o campeonato, de manhã ou à noite.

Clayton Munhoz treina levantamento de potência em academia de Campo Grande. (Foto: Facebook/Clayon Munhoz)Clayton Munhoz treina levantamento de potência em academia de Campo Grande. (Foto: Facebook/Clayon Munhoz)

No período da tarde, dá suporte à esposa na fabricação dos bolos. Sem contar que é pai de 4 filhas, entre 1 e 18 anos.

“Não páro um segundo. Mas é um sonho e vou lutar por ele. Tenho apoio da minha família, dos amigos, esportistas. Os bolos estão tendo boa aceitação, mesmo eu não explicando o motivo de estar ali vendendo. Não dá tempo nos 45 segundos”, observa.

Total de quinze atletas integram a ASLP (Associação Sul Mato Grossense de Levantamento de Potência), da qual Clayton é o presidente.

Munhoz compete na categoria máster 1 (120kg - HeavyDuty). Para a disputa no Equador também foram chamados os brasileiros Anderson Alcântara (66kg - Gerson Dória), Ronaldo Primeiro (74kg - Gerson Dória), Remi de Carvalho (83kg - TheLifters), Edson Murayama (93kg - Marcelo Alo) e Edson Kamogawa (105kg - Marcelo Alo).



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions