ACOMPANHE-NOS    
JUNHO, DOMINGO  20    CAMPO GRANDE 16º

Jogo Aberto

Agora deputado, petista se aposenta como servidor público

Por Nyelder Rodrigues, Gabriela Couto e Paula Maciulevicius | 11/06/2021 06:00
Servidor da Secretaria de Fazenda, agora aposentado, Amarildo Cruz retornou ao parlamento estadual. (Foto: Divulgação)
Servidor da Secretaria de Fazenda, agora aposentado, Amarildo Cruz retornou ao parlamento estadual. (Foto: Divulgação)

Off - Amarildo Cruz (PT), deputado estadual recém empossado no lugar do falecido José Almi (PT), encerrou a carreira no fisco estadual. Após quase 40 anos como servidor da Secretaria de Fazenda, ele se aposentou.

Ainda jovem - Fiscal tributário do Estado desde os 18 anos, Amarildo se elegeu deputado estadual duas vezes nesse meio de caminho, além de ter sido chefe da Escola Fiscal da Sefaz até retornar no mês passado ao parlamento estadual

Hora do lanche - Os deputados estaduais fazem sempre às quartas-feiras na Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul um 'recreio' entre a sessão da CCJR (Comissão de Constituição, Justiça e Redação) e a sessão ordinária do dia. O intervalo entre uma e a outra agenda de praxe durou cinco minutos ontem.

Lancheira grande - Contudo, o deputado Evander Vendramini (PP) pediu um tempinho maior entre as duas agendas. A partir de agora, os parlamentares terão 10 minutos a mais.

Bate forte o tambor - De olho nas 3 milhões de doses doadas pelos EUA ao Brasil do imunizante da Janssen, teve todo tipo de iniciativa em Mato Grosso do Sul. A CDL de Campo Grande, por exemplo, puxou no WhatsApp panelaço para essa sexta-feira (11), às 19h.

Em retirada? - Conhecido por seus vídeos que circulam nas redes sociais defendendo o tratamento precoce e até xingando os contrários a esse método, o cardiologística João Jackson afirmou em audiência na Câmara da Capital que os pacientes devem ser internados. Segundo ele, o tratamento em casa da covid-19 deve ser exceção.

"Lotovírus" - Além disso, Jackson afirma que a doença se transformou em uma "loteria imunológica". Isso porque afeta pessoas sem comorbidades e jovens, enquanto pessoas mais velhas e com comorbidades muitas vezes passam sem complicações.

Boa vizinhança - Morador da região do Seminário, o vereador Ronilço Guerreiro (Pode) não esqueceu de seu bairro. Ele foi nessa semana à Secretaria de Cidadania e Cultura do Estado pedir a criação de corredor cultural e gastronômica na comunidade Tia Eva, vizinha e anexa ao seu bairro.

Happy birthday - As lembranças do Facebook trouxeram à tona novamente calote homérico dado por produtor de eventos no dono de um sítio de Campo Grande, após a realização de festa de reggae no município.

Velinhas apagadas - A postagem do dono do local, em tom de cobrança, fez 'aniversário' de dois anos e foi devidamente relembrada pelos algoritmos da rede social. No primeiro ano, quem não pagou o que devia até chegou a justificar, mas agora, no segundo, a cobrança segue lá para todo mundo ver, sem qualquer justificativa pública.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário