A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 18 de Setembro de 2018


  • Jogo Aberto
  • Jogo Aberto

    jogoaberto@campograndenews.com.br


14/09/2018 06:00

Bolsonaro, adesões e "traições"

Marta Ferreira

Adesões – A medida em que as pesquisas para a eleição à presidência têm saído, os candidatos que apoiam Jair Bolsonaro, por enquanto na liderança, estão aumentando a presença do militar da reserva em seus pedidos de voto. É só assistir o horário eleitoral para ver pretendentes aos cargos do legislativo abusando das imagens de Bolsonaro e “subindo o tom”.

"Infiel" – Na Assembleia Legislativa, tem quem já admite “trair” o candidato definido por seu partido. Paulo Siufi tem dito aos eleitores que apoia o presidenciável do PSL. Ou seja: desistiu de Henrique Meirelles, escolhido pelos emedebistas para a disputa.

Porquê – "Não concordo com tudo que o Bolsonaro diz e reconheço que existe muito exagero da sua parte, porém temos a mesma linha de pensamento quando se trata da defesa da família, da vida e outros pontos", justifica o emedebista.

Continua – Depois de ter publicado, e apagado, mensagens anunciando “bomba” que abalaria a política local, o coordenador da Funai, Paulo Rios, voltou às mensagens enigmáticas. Ontem disse que “agora é Trairão”, em alusão à cidade do Pará onde foi cumprido um dos mandados da Operação Vostok.

Sem explicações – Diferente de outras operações vultosas, como a Lama Asfáltica, no caso da Vostok, a Polícia Federal optou por não dar entrevista coletiva, na qual os jornalistas costumam fazer mais questionamento sobre as ações. No dia, a divulgação limitou-se a uma nota, sem nomes, para respeitar o sigilo da investigação.

Atraso – Desativados há dois anos, os radares que monitoram o trânsito de Campo Grande vão ficar mais tempo fora ar. A previsão era de instalação em setembro, mas a coluna apurou que isso só deve começar em outubro.

Tempo hábil – Vencedora da licitação, por R$ 15,5 milhões, o consórcio Morena já assinou contrato com a prefeitura. Porém, vai precisar desse período para providenciar a instalação dos equipamentos.

Vigilância – Para as autoridades que policiamento de trânsito, a existência dos radares é essencial porque ajuda a inibir os “apressadinhos”. Excesso de velocidade é um dos principais problemas enfrentados por quem tenta combater os exageros dos motoristas.

Expectativa – Indagado esta semana sobre como está a previsão para o reajuste do IPTU neste ano, o prefeito de Campo Grande, Marquinhos Trad, disse que o contribuinte não terá sustos, depois da confusão do ano passado envolvendo a cobrança da taxa de lixo. Segundo ele, a intenção é que seja feita uma correção menor do que a inflação oficial.

Quando ? Normalmente, o projeto estabelecendo as regras para a cobrança do IPTU do próximo ano é enviado para a Câmara em novembro. Maquinhos disse que o trâmite deve ser seguido à risca.

(Com Leonardo Rocha)

O "legado" de Pedrossian para Marquinhos
Para a história – O ex-prefeito de Campo Grande, Nelsinho Trad (PTB), revelou a coluna uma espécie de recomendação dada ao irmão, Marquinhos Trad (PS...
A caminhada dos políticos no presídio
Atividade física – No último dia da prisão temporária, o deputado estadual Zé Teixeira (DEM) foi visto fazendo caminhada no presídio militar, no Jard...
MDB de MS "esquece" Meirelles
Sumidinho – A campanha do MDB local na tevê está veiculando uma “colinha” para o eleitor ensinando a votar nos candidatos da legenda. Quando chega a ...
Mais uma operação, mais um vazamento
Alguém contou - Do dia em que o ministro Felix Fisher, do STJ (Superior Tribunal de Justiça), determinou a ordem de prisão de 14 pessoas alvo da oper...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions