A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 20 de Outubro de 2018


  • Jogo Aberto
  • Jogo Aberto

    jogoaberto@campograndenews.com.br


02/07/2014 06:00

Com o pé no barro

Edivaldo Bitencourt

Passado – O prefeito da Capital, Gilmar Olarte (PP), já colocou o pé no barro, literalmente. Ontem, ao dar início as obras de asfalto em bairros da cidade, relevou que morou em rua de chão batido. Depois da pavimentação, “mudou a minha vida. Tem mais limpeza, saúde”, disse, certo que a região hoje vale três vezes. “Valoriza seu bem maior, a casa”, ressalta.

Não – Olarte subiu na patrola durante a assinatura da ordem de serviço no conjunto Mata do Jacinto. Os assessores pediram, em coro, para não ligar o maquinário. Ele brincou que ia ligar e acabou posando para fotos comandando o início da obra de pavimentação.

Rebanho – O vereador Loester Nunes (PMDB) afirmou que a escolha de uma pastora para vice-governadora na chapa de Nelson Trad Filho (PMDB) é oportuna. “Pastora Janete vai conduzir o rebanho”, brincou o parlamentar.

Inusitado – O vereador Elizeu Dionízio (SD) foi um dos vereadores que convenceu o ex-governador Zeca do PT a endossar a mudança no regimento da Câmara. A proposta permitiu que o atual presidente, Mario Cesar (PMDB), dispute um novo mandato amanhã.

Única – A vereadora Luiza Ribeiro (PPS) bateu pé e foi a única contra a mudança no regimento. Ele disse que o partido é contra o instituto da reeleição e manteve a coerência. Paulo Pedra (PDT) mudou de lado durante o debate e Cazuza (PP) evitou se manifestar porque não tinha “ideia formada a respeito do assunto”.

Dúvida – O vereador Carlos Augusto Borges, o Carlão (PSB), ainda não sabe se disputa ou não uma vaga na Câmara dos Deputados. Ele apóia a candidatura de Delcídio do Amaral (PT), mas seu partido fechou com Nelsinho Trad (PMDB). Com tanta divisão, ele também esta confuso.

Contato - O deputado Marquinhos Trad (PMDB), presidente da CPI da Telefonia, ressaltou que a investigação está dando resultados, já que com o início dos trabalhos ele já conseguiu conversar com os diretores das operadoras de telefonia, algo que não conseguia há um bom tempo.

Exemplo - Marquinhos espera que a CPI da Telefonia tenha bons resultados como a da Enersul. Segundo ele, as questões são parecidas, como serviço de má qualidade, cobranças indevidas e empresa que não prestava informação satisfatória ao consumidor.

Oportunidade - Alexandre Rezende, superintendente do Procon-MS, destacou que o governo federal lançou em menos de 24h, um portal para que os consumidores possam reclamar de mal atendimento das empresas que possuem concessão. Ele lembrou que 54 municípios do Estado não possuem unidades do Procon, e que esta é uma alternativa para cada fazer reclamação.

Otimismo - O prefeito Gilmar Olarte cantou trecho da música “como uma onda”, do cantor Lulu Santos, durante reunião em que representantes do Comtur pediram repasse do ISS para o fundo municipal de turismo. O progressista encantou os presentes, com a música e a mensagem de que poderá atender o pedido de dar mais incentivo ao turismo.

(colaboraram Aline dos Santos, Caroline Maldonado, Leonardo Rocha e Kleber Clajus)

Adeus a "Playboy" tem foto de bebida na mesa de bar
Despedida – Tem gosto amargo e dolorido, principalmente para as pessoas próximas, a última foto postada nas redes sociais por Marcel Colombo, conheci...
Campanha, tiro na escola e oportunismo
“Guerra virtual” – Não podia ser diferente. O episódio lamentável em que uma criança de 9 anos entrou armada na sala de aula em Campo Grande e atirou...
Justiça agora pode até cobrar Delcídio
Ainda à espera - A Justiça Eleitoral rejeitou o registro de candidatura de Delcídio Amaral (PTC) ao Senado, depois da derrota nas uras. A juíza Eliza...
Clima de campanha não poupa nem festões
Todo lugar - O clima de campanha, neste segundo turno polarizado, não deixa escapar nem os casamentos. Durante festa no sábado no bufê Murano, na Ave...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions