A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017


  • Jogo Aberto
  • Jogo Aberto

    jogoaberto@campograndenews.com.br


08/11/2014 07:00

Grupo articula para pecuarista assumir comando do Detran em MS

Edivaldo Bitencourt

Pressão – O governador eleito Reinaldo Azambuja (PSDB) vem sofrendo pressão de partidos aliados para nomear o novo secretariado. O grande desafio tem sido de administrar os pedidos e não desagradar os aliados.

Boi – Um grupo tucano articula a indicação do pecuarista Jonathan Barbosa para a presidência do Detran (Departamento Estadual de Trânsito). Ex-deputado estadual, jornalista na área de esportes e tesoureiro da Acrissul (Associação dos Criadores de Mato Grosso do Sul), ele não teria experiência na área.

Técnico – A nomeação de Jonathan Barbosa vem frustrando especialistas e funcionários, que gostariam da nomeação de um técnico da área para comandar o Detran. No entanto, o governador eleito ainda não bateu o martelo sobre a indicação de Barbosa.

Deputados – Azambuja poderá nomear três deputados federais para o primeiro escalão. A lista de possíveis secretários agradará, principalmente, os suplentes Fábio Trad e Marçal Filho, do PMDB, e Elizeu Dionízio (SD).

Cotados – Geraldo Resende (PMDB) pode ser nomeado para comandar a Secretaria Estadual de Saúde. Tereza Cristina Corrêa da Costa, eleita pelo PSB, pode voltar ao comando da Seprotur. E Márcio Monteiro (PSDB) é cogitado para comandar a Secretaria de Fazenda.

Irritado – O governador André Puccinelli (PMDB) não gostou de saber do tombamento da viatura do Corpo de Bombeiros, no Parque dos Poderes. Ele compareceu pessoalmente para conferir o acidente e não escondeu a irritação com o acidente.

Salvação – Puccinelli é visto como o único capaz de unir o PMDB no Estado. Peemedebistas já iniciaram a campanha para evitar a aposentadoria do governador. A esperança é lançar a sua candidatura a prefeito para o partido retomar o comando da prefeitura da Capital em 2016.

Força – Os professores ganharam um apoio extra e importante ontem: o da vereadora e vice-governadora eleita, Rose Modesto (PSDB). Apesar de ter indicado a professora Ângela Brito para comandar a Secretaria Municipal de Educação, ela é favorável à concessão do reajuste de 8,46% aos docentes.

Nova semana – Além da greve, o prefeito Gilmar Olarte deve correr contra o tempo para aprovar o reajuste do IPTU. Se não aprovar o aumento de 18%, ele corre risco de não antecipar a cobrança do tributo para dezembro e garantir caixa para o 13º dos servidores públicos municipais.

Intermediação – Com o lançamento do Sisfron, na quinta-feira (13), a Funai também integrará um grupo de segurança para proteger a fronteira. A coordenadora regional de Campo Grande, Ana Beatriz Lisboa, explica que o órgão vai “prestar auxilio na comunicação com as comunidades para trazer informações aos órgãos de segurança e explicar (aos indígenas) como serão feitas as operações”.

(colaboraram Kleber Clajus e Ludyney Moura)

Após "perder" cargo, deputado muda o tom
Mudou – Antes cotado para assumir uma secretaria do governo do Estado, o deputado Coronel David (PSC) está agindo ultimamente como oposição ao Govern...
Reinaldo apoia crescimento dos evangélicos
Decisão divina - Palestrante principal do Fórum Evangélico realizado nesta segunda-feira em Campo Grande, a cantora e pastora Damares Alves disse que...
2018 será ano mais curto para o Legislativo
Três meses – Carnaval, Semana Santa, campanhas eleitorais, Copa... Tudo isso encurta 2018 para os trabalhos legislativos. A observação é de Fábio Tra...
Máfia do Cigarro passa quase livre nas estradas
Esquema antigo - A atuação da Máfia do Cigarro em Mato Grosso do Sul vem de décadas e, de tempos em tempos, surge uma nova denúncia envolvendo polici...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions