A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 18 de Agosto de 2018


  • Jogo Aberto
  • Jogo Aberto

    jogoaberto@campograndenews.com.br


04/07/2017 06:00

JBS se posiciona sobre CPI e depois se arrepende

Marta Ferreira

Esqueçam – Os dias não andam fáceis para o pessoal que cuida da comunicação da JBS. Nesta segunda-feira, depois de enviar material com posicionamento da empresa sobre a CPI aberta em Mato Grosso do Sul, a assessoria de imprensa pediu para desconsiderar o material.

Mais prazo – Já era público, porém, que a controladora da JBS, a J&F não entregou qualquer documento para a Comissão e pediu prazo de 45 dias.

Cabe mais um - Presidente da CPI, o deputado Paulo Correa cedeu a sua sala em seu gabinete para que os auditores responsáveis pelos trabalhos possam trabalhar, ficando em outra sala para despachar e fazer as reuniões políticas.

Verba transferida – Ao propor corte de plantões de categorias para poder dar aumento salarial a servidores, o prefeito Marquinhos Trad (PSD) diz que a medida não visa encher os cofres do município. “Não vamos tirar plantões para jogar no bolso da prefeitura, nós vamos tirar e devolver para a mesma categoria só que de outra maneira”, explicou durante agenda pública ontem.

Penduricalhos – Sem condições de dar aumento real, a administração busca agradar seus funcionários sem afetar as finanças da Capital, mantendo os gastos com folha no mesmo patamar atual, agregando bonificações ao salário base. “Nós vamos economizar e incorporar vantagens que hoje eles [servidores] recebem como penduricalhos”, disse o prefeito.

Apoiado– A recomendação do Ministério Público Estadual à Prefeitura de Campo Grande de que suspenda a coleta de resíduos sólidos de algumas empresas agradou Marquinhos que, diferente de outras oportunidades, disse de imediato que vai acatar o pedido. “A prefeitura durante esse tempo todo está fazendo cortesia com o chapéu alheio”, disparou.

Otimista - O senador Waldemir Moka está confiante com a aprovação da reforma trabalhista no Senado, já que segundo ele, o assunto está bem definido pela base

Juntos -Moka também garante que os tucanos estarão ao lado do presidente na votação, e que restará a oposição apenas tentar adiar a votação.

Descontentes - Servidores estaduais fecharam a via em frente à governadoria, após ouvirem a proposta do governo de reajuste ontem. Além do discurso inflamado, da música alta e do tradicional tereré, houve vaias aos secretários de Estado que deixavam o prédio;

Atrapalharam - Com a pista fechada houve confusão no trânsito e muitos condutores tiveram que retornar pela Avenida do Poeta, sentido Afonso Pena.

(Colaboraram Lucas Junot, Richileu de Carlo e Leonardo da Rocha)

Rotatória da Coca-Cola e a falta de educação
Boca-suja– O diretor-presidente da Agetran (Agência Municipal de Trânsito), Janine de Lima Bruno, contou nesta semana que mudanças na confluência ent...
MDB teve divisões sobre Mochi candidato
Opinião – O deputado Eduardo Rocha (MDB) admite que a escolha de Junior Mochi para candidato na legenda não teve consenso desde o início, após a desi...
Senador critica "descaso" com Paraguai
Vizinho desprestigiado – O ministro Carlos Marun, da Secretaria de Governo, e o senador Pedro Chaves (PRB/MS) foram os dois únicos representantes de ...
Campanha tucana atrai 75% dos prefeitos
Apoio – Enquanto o MDB, antigo aliado histórico do PSDB, patinou para fechar sua candidatura do governo do Estado, os tucanos contabilizam adesões. N...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions