ACOMPANHE-NOS    
FEVEREIRO, SÁBADO  27    CAMPO GRANDE 27º

Jogo Aberto

Na folga de Carnaval, Mandetta se joga na marcenaria

Por Anahi Zurutuza, Gabriela Couto e Paula Maciulevícius | 16/02/2021 06:00

Marceneiro – O ex-ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta (DEM), está aproveitando o feriado de Carnaval para se jogar na marcenaria. O médico tem feito divulgação das empreitadas nas suas redes sociais. A sua obra mais recente é uma mesa redonda de madeira maciça.


No clima – Em Bonito, se não tem festa de rua, pelo menos as famosas piraputangas entraram no clima. Esculpidas pelo artista sul-mato-grossense Cleir Àvila, na área central da cidade turística, uma delas ganhou máscara cor-de-rosa.

Modinha - A nova onda nas redes sociais agora é ostentar convite do Clubhouse. O deputado estadual mais novo da Assembleia Legislativa, João Henrique Catan, já está navegando no aplicativo. A postagem foi feita no Instagram com um print do perfil do deputado e o questionamento: "E você, já recebeu o convite?"

Saudade do bloco? - Depois de voltar para a Assembleia Legislativa, o Carnaval foi de nostalgia para Mara Caseiro, que quando esteve à frente da Fundação de Cultura do Estado, tinha que comparecer aos blocos de rua e desfile das escolas de samba.

"Tanta paixão" - No Instagram, Mara Caseiro postou fotos antigas dela no Carnaval, comentando que para proteção de todos, foliões vão ficar mesmo só com a saudade da festa popular.

Que feriado? - Nem mesmo o pedido cheio de justificativa de uma enfermeira da Sesau enviado ao prefeito Marquinhos Trad (PSD) sensibilizou o gestor que não deu ponto facultativo este ano.

Na labuta - Depois de escrever que todos estão exaustos por conta dos trabalhos durante a pandemia da Covid-19 e que precisavam descansar no “feriado”, ela teve a seguinte resposta de Trad: “Que feriado?”. A servidora entendeu o recado e está trabalhando normalmente.

Acolhimento – Área de 23 mil metros quadrados na Vila Fernanda pode virar Centro de Acolhimento e Bem-Estar Animal de Campo Grande. O anúncio foi feito pelo vereador e veterinário, André Luis Soares da Fonseca (Rede), em vídeo postado no Facebook.

Falta o ok – O parlamentar afirma que ainda falta a confirmação da Prefeitura de Campo Grande para transformar o espaço em abrigo para animais. “É uma área suficiente para o acolhimento de cães, gatos, cavalos e animais silvestres de pequeno porte”, explicou, sem dar prazos.

Pesquisa - A Unimed Campo Grande faz parte de grupo internacional de saúde envolvido em pesquisas relacionadas ao coronavírus. Integra as pesquisas sobre terapias para atenuar complicações da covid, junto de outros 46 centros no mundo e 25 do Brasil, além de estudo apenas com pacientes de alto risco que pegaram a doença.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário