A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 21 de Maio de 2018


  • Jogo Aberto
  • Jogo Aberto

    jogoaberto@campograndenews.com.br


02/10/2013 06:00

Nova regra dificulta cassação de Bernal

Edivaldo Bitencourt

Feliz da vida – As notícias foram boas para o prefeito Alcides Bernal (PP) ontem. Até o líder do executivo na Câmara Municipal, Marcos Alex (PT), respirou aliviado com a mudança do quórum para a abrir a Comissão Processante, que passa de maioria simples para, no mínimo, 20 votos. “Graças a Deus”, suspirou, feliz da vida.

Teste de fogo – A mudança na interpretação da lei é uma ótima notícia para Bernal. Antes, a oposição tinha condições de impor o desgaste de uma Comissão Processante, que pode levar 90 dias, e terminar em pizza. Ou seja, para impor ao desgaste ao chefe do Executivo, a oposição vai precisar dos 20 votos. Antes, bastava cinco vereadores em uma sessão com oito, no mínimo.

Calibre 12 – O vereador Carlos Augusto Borges, o Carlão (PSB), que vive o dilema de Hamlet, diz que só uma bala de calibre 12 para levar a cassação do prefeito. O socialista vive a dúvida de ser ou não ser da base aliada de Bernal na Câmara Municipal.

De onde vem? - A Comissão de Constituição e Justiça da Câmara Municipal quer saber o domicílio dos secretários municipais. Como Bernal importou gente de Corumbá, Maracaju e outros estados, os vereadores recorreram ao artigo 73 da Lei Orgânica Municipal para cobrar a origem da casa do primeiro escalão.

Desgaste – Alex do PT não gostou nenhum pouco da proposta de Otávio Trad (PTdoB), que quer saber ondem moram os secretários do Bernal. O petista não escondeu a indignação com o jovem parlamentar. “É para explorar o fato do Bernal ter importado o secretariado”, afirmou.

51 evangélico - O deputado estadual Lídio Lopes (PP), que assumiu a direção do PEN no Estado, ficou numa saia justa com o número do partido, 51. Famoso por ser associado à cachaça, o parlamentar, que é evangélico, vai se desdobrar para convencer o distinto eleitor de que o novo tema é “uma nova ideia”.

Aliança - Lídio ponderou que apesar de ser ligado ao governador André Puccinelli (PMDB) ainda não há confirmação que o PEN irá ser parceiro do PMDB em 2014. "Existe muitas coisas para acontecer, por enquanto é melhor a cautela", explicou ele.

Convites - O deputado estadual Osvane Ramos (PT do B) destacou que já recebeu vários convites para trocar de partido, entre eles o PC do B, Solidariedade e PROS. "Ninguém aposta em árvore que não dá fruto", destacou ele. Osvane ponderou que até amanhã (3) decide se muda ou permanece no PT do B.

Retiro político – O governador André Puccinelli (PMDB) suspendeu todas a agenda pública nesta semana. Um dos objetivos é acompanhar com lupa e de perto a mudança partidária, já que o prazo termina nesta sexta-feira. Um dos nomes definidos é o comandante da PM, coronel Carlos Alberto David dos Santos, que vai para o PTdoB.

Mais uma ação – O prefeito Alcides Bernal mantém a guerra contra os meios de comunicação. Ele ingressou com mais uma ação por direito de imagem contra o jornal Correio do Estado. Ele já ingressou com algumas ações contra o empresário Antônio João Hugo Rodrigues. Mas não entrou com nenhum pedido na Justiça contra a TV Record ou a Revista Veja, que divulgaram o escândalo envolvendo a ex-catadora de lixo, Dilá Dirce Pereira.

(Colaboraram Kleber Clajus e Leonardo Rocha)

 

Ex-ministro não errou o “do Sul”, mas...
Gafe - O ex-ministro Henrique Meireles (MDB) em um dos diversos discursos no evento em Campo Grande neste sábado (19) confundiu Mato Grosso do Sul co...
PMs presos têm “festival de ações”
Conhecidos da justiça - Entre as duas dezenas de policiais militares de Mato Grosso do Sul presos esta semana por suspeita de facilitar a vida dos co...
O entrave no cadastro de pedófilos
Entrave burocrático – Autor do projeto de lei que criou o cadastro de pedófilos em Mato Grosso do Sul, o ex-deputado estadual Carlos Alberto David, d...
Assembleia agora tem 8 "independentes"
Mais uma – Depois de votar com o governo por três anos e meio, a deputada estadual Grazielle Machado(PSD) anunciou que agora será “independente”, ass...


Caso não há uma definição oficial, é melhor não falar nada, acredito que em nossa cidade há pessoas competentes para tomar decisões, não deixando acontecer tantas coisas prejudiciais a cidade, Campo Grande espera uma atitude das autoridades, para que tudo isso não se transforme em uma grande palhaçada. Já chega o MENSALÃO...
 
DEJANIRA VENTURA RIBEIRO em 03/10/2013 07:38:12
Tem tanto buraco prá ser tampados nas nossas ruas e essa covarde oposição fica aí gastando e perdendo tempo com ladaínhas. Se eles se unissem e cada um adotasse um buraco das nossas ruas, viveríamos na mais bonita capital. Achem oque fazer e trabalhem, o prefeito foi eleito pelo povo e não foi ele que derrubou um poderoso, mas o voto popular.
 
Kiny Silva em 02/10/2013 21:57:29
Todo mundo sabe que não vão cassar o prefeito que no fim tem mensalinho, vai acabar sim em PIZZA, por favor, façam com que a nossa bela cidade de Campo Grande continue crescendo como antes e vão trabalhar, parem de enrolar por favor, tudo isso até agora é uma grande palhaçada, nós de Campo Grande amamos nossa cidade e vocês todos os vereadores e o prefeito e seus secretários, não estão fazendo nada que preste até agora, todos são ruins até mesmo aquele a quem eu e toda a minha família depositamos o nosso voto que com certeza não o terá mais. Falei.
 
marco silva em 02/10/2013 10:14:18
Essa história de cassação já deu o que tinha que dar, espero que nossos legisladores comecem apresentar algumas propostas para o bem estar da população. Que dessam do palanque e comecem cobrar trabalho do executivo, essa ladainha de cassação não deu e nem vai dar em nada.
 
porfirio vilela em 02/10/2013 09:57:33
Não posso imaginar como uma Câmara Municipal de uma capital como a nossa, possa passar tantos atestados de incompetência. Parece-me que ali ninguém, nem mesmo a assessoria jurídica consegue interpretar sequer o regimento interno , e a população, a cada dia recebe uma informação diferente, fruto do despreparo que parece reinar no seio da edilidade.
E o Prefeito , com toda a fragilidade que lhe impõe seu comportamento crítico e autoritário, vai fazendo a população enxergar que a representatividade legislativa de nosso Município é débil, inocente , incapaz ou inexistrente
 
ALICIO MENDES em 02/10/2013 08:01:31
ESTA CÂMARA NÃO TEM OUTRA COISA A FAZER A NÃO SER FALAR EM CASSAR O PREFEITO ALCIDES BERNAL, NÃO VOTO MAIS EM NENHUM DESTE QUE AI ESTA,NOS QUEREMOS VER ELES PREOCUPADO FAZER LEIS QUE FAVOREÇA A POPULAÇÃO JÁ MARQUEI O NOME DE TODOS PARA NÃO ERRAR NO DIA DA ELEIÇAO
 
helio dos santos guedes em 02/10/2013 07:14:25
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions