A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 22 de Outubro de 2018


  • Jogo Aberto
  • Jogo Aberto

    jogoaberto@campograndenews.com.br


19/03/2015 06:00

Prefeito revoltado com a TV Morena

.

Toda poderosa - O prefeito de Corumbá, Paulo Duarte (PT), anda revoltado com a forma como a mídia trata os prefeitos em Mato Grosso do Sul e sobre “como as informações são levadas aos telespectadores da TV Morena (Globo)”, postou na terça-feira no Facebook, dando nomes aos bois.

De fora - Esperando ser entrevistado em reportagem sobre uma das maiores taxas de sobrevivência de empresas, que é registrada em Corumbá, acabou frustrado. “Qual não foi a minha surpresa quando soube pela Assessoria de Imprensa da Prefeitura que a matéria não iria ao ar, em rede estadual, se o entrevistado fosse eu, o prefeito”, protestou.

Dois pesos - O fato levou o prefeito a entender que “uma notícia boa tem critérios muito subjetivos da rede de televisão para ser divulgada”, publicou. No desabafo, ele chama a emissora de “poderosa TV Morena” e reclama que só aparece em entrevistas quando os temas são negativos para a cidade.

Bravo - Em tom bem zangado, ele fala sem cerimônia sobre o desgosto. “Se o assunto for negativo, chaaaaama o prefeito. Se forem assuntos positivos para cidade não chama o prefeito, preferencialmente vaaaaaaaza com o prefeito”, escreveu.

Desapego - Paulo Duarte ainda alfineta a emissora, dizendo que “talvez seja por isso que a audiência dos outrora campeões de audiência vem caindo”. Para fechar a bronca, ataca até o que chama de alienação tipo BBB. “Ainda bem que os tempos são outros, acabou o monopólio da informação. Hoje temos a força dos sites de notícias, redes sociais, whatsapp e outros meios mais ágeis, confiáveis e eficazes”, desabafou.

De mal - Não é de hoje o arranca rabo entre o atual prefeito de Corumbá e a TV Morena. Ele já teria até proibido todos os secretários e demais porta-vozes do Município de conceder entrevista para a emissora.

Economizando – O vereador Waldecy Chocolate (PP) agora é companhia frequente em ônibus fretado que transporta funcionários e assessores da Câmara Municipal até os bairros onde ocorrem as sessões comunitárias. A justificativa? “Com a gasolina em R$ 3,20 não tem como. Tô economizando”.

Compartilhar - Diante da cobrança constante por limpeza nos bairros, o vereador Carlão (PSB) defende que a prefeitura divida o serviço nas sete regiões administrativas da Capital. “Uma empresa só para cuidar tudo não dá. Tem que ser uma firma para cada região e assim tudo fica limpo”.

Nada santo - Em Guia Lopes da Laguna, o ex-padre Edvaldo Soares Pereira, que abandonou a batina para ocupar cargos na prefeitura municipal, agora é acusado de desviar R$ 500 mil dos cofres publicos. Ele ja foi secretario em 3 pastas.

Tiro no pé - Escola chique de culinária para crianças andou em maus lençóis. Dia desses, depois da aula com a garotada, muitos dos alunos chegaram em casa com diarreia. E olha que o curso é bem caro.

Dagoberto mente, diz liderança do PDT
É fake – As última declarações do deputado federal e presidente do PDT em Mato Grosso do Sul, Dagoberto Nogueira, sobre os pedidos de expulsão do jui...
Adeus a "Playboy" tem foto de bebida na mesa de bar
Despedida – Tem gosto amargo e dolorido, principalmente para as pessoas próximas, a última foto postada nas redes sociais por Marcel Colombo, conheci...
Campanha, tiro na escola e oportunismo
“Guerra virtual” – Não podia ser diferente. O episódio lamentável em que uma criança de 9 anos entrou armada na sala de aula em Campo Grande e atirou...
Justiça agora pode até cobrar Delcídio
Ainda à espera - A Justiça Eleitoral rejeitou o registro de candidatura de Delcídio Amaral (PTC) ao Senado, depois da derrota nas uras. A juíza Eliza...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions