A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 21 de Maio de 2018


  • Jogo Aberto
  • Jogo Aberto

    jogoaberto@campograndenews.com.br


19/03/2015 06:00

Prefeito revoltado com a TV Morena

.

Toda poderosa - O prefeito de Corumbá, Paulo Duarte (PT), anda revoltado com a forma como a mídia trata os prefeitos em Mato Grosso do Sul e sobre “como as informações são levadas aos telespectadores da TV Morena (Globo)”, postou na terça-feira no Facebook, dando nomes aos bois.

De fora - Esperando ser entrevistado em reportagem sobre uma das maiores taxas de sobrevivência de empresas, que é registrada em Corumbá, acabou frustrado. “Qual não foi a minha surpresa quando soube pela Assessoria de Imprensa da Prefeitura que a matéria não iria ao ar, em rede estadual, se o entrevistado fosse eu, o prefeito”, protestou.

Dois pesos - O fato levou o prefeito a entender que “uma notícia boa tem critérios muito subjetivos da rede de televisão para ser divulgada”, publicou. No desabafo, ele chama a emissora de “poderosa TV Morena” e reclama que só aparece em entrevistas quando os temas são negativos para a cidade.

Bravo - Em tom bem zangado, ele fala sem cerimônia sobre o desgosto. “Se o assunto for negativo, chaaaaama o prefeito. Se forem assuntos positivos para cidade não chama o prefeito, preferencialmente vaaaaaaaza com o prefeito”, escreveu.

Desapego - Paulo Duarte ainda alfineta a emissora, dizendo que “talvez seja por isso que a audiência dos outrora campeões de audiência vem caindo”. Para fechar a bronca, ataca até o que chama de alienação tipo BBB. “Ainda bem que os tempos são outros, acabou o monopólio da informação. Hoje temos a força dos sites de notícias, redes sociais, whatsapp e outros meios mais ágeis, confiáveis e eficazes”, desabafou.

De mal - Não é de hoje o arranca rabo entre o atual prefeito de Corumbá e a TV Morena. Ele já teria até proibido todos os secretários e demais porta-vozes do Município de conceder entrevista para a emissora.

Economizando – O vereador Waldecy Chocolate (PP) agora é companhia frequente em ônibus fretado que transporta funcionários e assessores da Câmara Municipal até os bairros onde ocorrem as sessões comunitárias. A justificativa? “Com a gasolina em R$ 3,20 não tem como. Tô economizando”.

Compartilhar - Diante da cobrança constante por limpeza nos bairros, o vereador Carlão (PSB) defende que a prefeitura divida o serviço nas sete regiões administrativas da Capital. “Uma empresa só para cuidar tudo não dá. Tem que ser uma firma para cada região e assim tudo fica limpo”.

Nada santo - Em Guia Lopes da Laguna, o ex-padre Edvaldo Soares Pereira, que abandonou a batina para ocupar cargos na prefeitura municipal, agora é acusado de desviar R$ 500 mil dos cofres publicos. Ele ja foi secretario em 3 pastas.

Tiro no pé - Escola chique de culinária para crianças andou em maus lençóis. Dia desses, depois da aula com a garotada, muitos dos alunos chegaram em casa com diarreia. E olha que o curso é bem caro.

Ex-ministro não errou o “do Sul”, mas...
Gafe - O ex-ministro Henrique Meireles (MDB) em um dos diversos discursos no evento em Campo Grande neste sábado (19) confundiu Mato Grosso do Sul co...
PMs presos têm “festival de ações”
Conhecidos da justiça - Entre as duas dezenas de policiais militares de Mato Grosso do Sul presos esta semana por suspeita de facilitar a vida dos co...
O entrave no cadastro de pedófilos
Entrave burocrático – Autor do projeto de lei que criou o cadastro de pedófilos em Mato Grosso do Sul, o ex-deputado estadual Carlos Alberto David, d...
Assembleia agora tem 8 "independentes"
Mais uma – Depois de votar com o governo por três anos e meio, a deputada estadual Grazielle Machado(PSD) anunciou que agora será “independente”, ass...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions