A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 22 de Maio de 2018


  • Jogo Aberto
  • Jogo Aberto

    jogoaberto@campograndenews.com.br


06/01/2015 06:00

Prefeitura vai receber denúncia via WhatsApp sobre saúde e ônibus

Edivaldo Bitencourt

Disque – A nova ouvidora geral do município, Jaqueline Hidelbrand Romero, pretende implantar novo sistema de disque denúncia. O campo-grandense poderá usar o aplicativo WhatsApp para fazer denúncias, elogios e sugestões para a administração municpal.

Prioridade – O novo disque denúncia, mais moderno, vai começar por uma das áreas em que a população mais reclama: a saúde. Segundo Jaqueline, a próxima etapa vai priorizar a educação, de olho no início das aulas, e o transporte coletivo.

Ouvir – Jaqueline, que já foi fiel escudeira de Alcides Bernal (PP), está cheia de planos na gestão do novo aliado. Ela contou que vai ouvir o povo para melhorar a qualidade do serviço público.

Exemplo – O prefeito Gilmar Olarte (PP) também decidiu aproveitar o feriadão de Ano Novo para ouvir o povo. Apesar da prefeitura ter enforcado a sexta-feira e ter emendado o feriado por cinco dias, ele foi à Avenida Afonso Pena no domingo para conversar com os pedestres e moradores.

Ouvir – Segundo o progressista, ele foi ouvir a avaliação da população sobre a administração municipal. Olarte contou, em postagem no Facebook, que ouviu muitos elogios. Então, aproveitou o contato para agradecer a população.

Transtornos – Após as chuvas de dezembro, as águas de janeiro começam a preocupar o campo-grandense. Março ainda nem chegou e o poder público já sente o reflexo dos problemas causados pelos temporais na Capital.

Férias – O ex-governador André Puccinelli (PMDB) aproveita os primeiros dias de férias em Riveira de São Lourenço, em Bertioga, no litoral paulista. Ele até brincou antes da viagem de que já chegaram a confundir Riveira com uma cidade italiana e falaram que ele estava no exterior.

Suspensões – O governador Reinaldo Azambuja (PSDB) suspendeu as obras dos hospitais regionais em Três Lagoas e Dourados. Ele decidiu priorizar a estrutura atual e otimizar a estrutura existente para melhorar o atendimento na área de saúde, a principal prioridade apontada pela população.

Ritmo – Inicialmente, as obras do Aquário do Pantanal continuam. O governador quer ter segurança jurídica para dar continuidade ou para suspender o empreendimento. Já foram investidos R$ 170 milhões na obra.

Elefante, não – O tucano disse que não vai deixar um “elefante branco” nos altos da Avenida Afonso Pena e ao lado do Parque das Nações Indígenas, dois cartões postais da Capital. Apesar dos problemas, ele garantiu que a obra não vai seguir o destino do prédio inacabado da rodoviária no Jardim Cabreúva, que completa duas décadas sem ser concluído.

(colaborou Kleber Clajus)

Maioria prefere Lava Jato à Copa do Mundo
Copa? – Pesquisa do Instituto Paraná mostra que, a menos de um mês do Mundial da Rússia, o brasileiro não está muito motivado com o assunto. A consul...
Ex-ministro não errou o “do Sul”, mas...
Gafe - O ex-ministro Henrique Meireles (MDB) em um dos diversos discursos no evento em Campo Grande neste sábado (19) confundiu Mato Grosso do Sul co...
PMs presos têm “festival de ações”
Conhecidos da justiça - Entre as duas dezenas de policiais militares de Mato Grosso do Sul presos esta semana por suspeita de facilitar a vida dos co...
O entrave no cadastro de pedófilos
Entrave burocrático – Autor do projeto de lei que criou o cadastro de pedófilos em Mato Grosso do Sul, o ex-deputado estadual Carlos Alberto David, d...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions