A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 20 de Fevereiro de 2020


  • Jogo Aberto
  • Jogo Aberto

    jogoaberto@campograndenews.com.br


18/01/2020 07:00

Sem "sorte", motel vira notícia só por mortes trágicas

Marta Ferreira e Angela Kempfer
O policial civil aposentado Márcio Corno, preso na Operação Omertà, chega a presídio em Campo Grande, de onde foi transferido para Mossoró (RN). (Foto: Paulo Francis)O policial civil aposentado Márcio Corno, preso na Operação Omertà, chega a presídio em Campo Grande, de onde foi transferido para Mossoró (RN). (Foto: Paulo Francis)

Zica - Os proprietários do Motel Lumière estão, no mínimo, sem sorte. Briga e consumo de drogas dentro de um quarto acabou com morte por overdose na última quinta-feira (16). Dois anos antes, em 2018, Daniel Abuchain, ex-superintendente de gestão de informação da Sefaz (Secretaria de Estado de Fazenda) foi assassinado no mesmo estabelecimento.

Aprovado - Presidente da Comissão de Constituição e Justiça do Senado, a senadora Simone Tebet aprovou publicamente a decisão do presidente Jair Bolsonaro em demitir o secretário especial da Cultura, Rodolfo Alvim. Ele foi exonerado do cargo, após provocar uma onda de indignação ao usar parte de um discurso nazista em pronunciamento oficial da pasta.

Coniventes - Em sua conta do Twitter, a senadora destacou o apoio, referindo-se a uma parábola sobre o tema. “Nove pessoas estão sentadas numa mesa. Chega mais uma e começa a defender o nazismo. Se ninguém se levanta, os dez são nazistas. Eu também me levanto!”, publicou.

Listão - Além de Mato Grosso do Sul, outros 15 estados decidiram adiar a aplicação de regras mais duras de aposentadoria para policiais militares e bombeiros, sancionadas em dezembro passado. Por aqui, o anúncio foi feito nesta semana pelo governador Reinaldo Azambuja (PSDB).

Cadê - Apontado como gerente da organização criminosa chefiada por Jamil Name, o policial civil Márcio Cavalcanti da Silva, não apresentou defesa em nenhum dos processos em que é réu. Em um deles, o juiz deu prazo de 10 dias para isso.

Troca - O MPMS (Ministério Público de Mato Grosso do Sul) foi além. Na ação, referente à apreensão de armas pesadas ocorridas em maio do ano passado, o pedido da promotoria é para que seja nomeado defensor público para representar o policial, conhecido também por "Corno".

Mudou - O policial era representado pelo escritório dos advogados Laércio Guilhem e Silvano da Mota, esse último delegado de polícia civil aposentado. Ambos substabeleceram a causa ao advogado André Borges.

Justificativa - Ouvido pela coluna, Borges deu seu argumento para não ter sido protocolada a nova representação do réu. "O juiz determinou intimação para Márcio informar quem irá representá-lo no processo, o que ele não fez ainda porque está injustamente recolhido num presídio federal", assinalou. "Márcio Corno" está em Mossoró (RN)

Espera- "Tendo o MP um pouco de paciência, logo a defesa será apresentada”, resumiu o defensor. "Márcio Corno" está em Mossoró (RN)

De volta – Na segunda-feira (20), a criançada volta a participar de oficinas em 49 modalidades, oferecidas pela Fundação Municipal de Esportes nos parques e praças de Campo Grande. Mas também têm atividades para adultos e idosos em 70 bairros, como Voleibol, Basquetebol, Futebol, Natação, Hidroginástica e até Pilates.

Campo Grande News - Lista Vip WhatsApp
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions