ACOMPANHE-NOS    
JULHO, DOMINGO  05    CAMPO GRANDE 20º

Arquitetura

Aprenda a decorar a mesa com plantas sem perder o charme

Cactos, samambaias, suculentas ou qualquer planta que você tenha em casa pode virar decoração na mesa do almoço ou jantar

Por Thailla Torres | 30/05/2020 08:00
Mesa com tema náutico feita por Juliana. (Foto: Gabriela Teodoro)
Mesa com tema náutico feita por Juliana. (Foto: Gabriela Teodoro)

Há muito tempo, a beleza das plantas e seus tons de verde que inspiram e enriquecem ambientes, agora dominam as mesas, seja numa grande festa ou pequena comemoração em casa. Suculentas, samambaias, cactos, avencas... suas formas variadas decoram o centro da mesa com movimento e simplicidade. Em Campo Grande a arquiteta Juliana Viganó é profissional que aposta nessa decoração e deu algumas dicas ao LADO B de como estampar o jantar ou almoço com o verde que há em casa.

Em alguns casos, para eventos mais elaborados, você pode contratar uma profissional e garantir a conexão entre arranjos e as demais peças que vão à mesa. Juliana é especialista no assunto e, recentemente, preparou uma mesa que chamou atenção nas redes sociais e pode ser montada por qualquer pessoa em casa.

Investir em acessórios com temática de naturez também é uma sugestão. (Foto: Juliana Viganó)
Investir em acessórios com temática de naturez também é uma sugestão. (Foto: Juliana Viganó)

“A ideia foi utilizar o tema náutico, que é um tema específico, mas que pode facilmente se transformar em um cenário para diversas ocasiões na mesa. Dentro do tema, com peças que predominavam as cores azul e branco, utilizei verdes e flores com tons avermelhados que lembram algas marinhas, e louças verdes e azuis, trazendo uma proposta diferente que poderia ser uma mesa para diversas ocasiões, inclusive adulta ou infantil”, explica.

Juliana evidencia que com o passar dos anos, o costume de montar e decorar uma mesa foi deixado de lado, principalmente nas novas gerações. A correria do dia a dia, o fato de cada vez menos as pessoas terem tempo para comer em casa e com calma e os horários dos familiares que não se cruzam são alguns dos fatores que contribuíram para que o hábito tenha se tornado mais raro.

Arranjos com variedade de plantas são uma excelente sugestão. (Foto: Gabriela Teodoro)
Arranjos com variedade de plantas são uma excelente sugestão. (Foto: Gabriela Teodoro)

No entanto, em tempos de isolamento social, para muita gente, almoçar diariamente em casa é uma novidade e levou muitos terem mais tempo para cuidar da casa, e consequentemente da mesa. “As refeições em família passaram a ter mais tempo e importância. Muitos estão ressignificando, percebendo a necessidade de interagir, de ter o prazer de uma refeição em grupo, com a beleza da mesa aumentando a satisfação do momento”.

Por isso, partir do verde para ver sua mesa transformado é uma dica que certamente vai marcar os almoços e reunião em família.

O uso do verde também vem como resposta ao cotidiano frenético das grandes cidades e seguindo uma tendência que está muito em alta no design de interiores. “Objetos decorativos que seguem a onda de consumo consciente, tons de verde, folhagens e fibras naturais tomam conta do cenário e trazem uma proposta muito bacana para criar um cenário que remete uma conexão com o meio ambiente. E a mesa é um dos locais que foram beneficiados por essa reaproximação com a natureza”.

Verde com toque de rusticidade para receber a família. (Foto: Luiza Gabriela)
Verde com toque de rusticidade para receber a família. (Foto: Luiza Gabriela)

Quem busca unir bem-estar, aconchego, leveza e serenidade para receber pode lançar mão de itens decorativos neste estilo em casa. E a regra quanto ao tamanho que elas devem ter é bastante simples. “Se você tem algum buffet ou aparador para servir a comida, é legal deixar o caminho da mesa ao meio para decorar. Se precisa usar o meio da mesa para servir ali, pode fazer apenas um arranjo central e o restante dos espaços deixar para a comida”.

Quanto aos arranjos, independente se vai utilizar todo caminho da mesa ou fazer apenas um arranjo central, o ideal é cuidar da altura do vaso e do arranjo, para não criar uma barreira visual que impossibilita a interação das pessoas a mesa.

Mas que planta usar? “Cactos e suculentas, mini peperômias, avencas, samambaias, renda francesa, renda portuguesa... todas essas você pode ter em casa, no jardim ou plantadas em vasos, e utilizar elas para decorar a mesa em refeições. Gos delas porque elas têm tons lindos de verdes que combinam com variados estilos de mesa posta. Costela de adão fica linda cortar algumas hastes e colocar no vaso com água. Não esqueça que flores ficam lindas também”, finaliza.

Tem uma sugestão para nossa editoria de arquitetura? Tem algum assunto que você gostaria de ler por aqui? Mande sua sugestão ou opinião em nossas redes sociais Facebook e Instagram. Você também pode sugerir pautas pelo nosso e-mail ladob@news.com.br ou WhatsApp (67) 99669-9563.

E quem disse que o verde não pode ir parar no bolo? (Foto: Luiza Gabriela)
E quem disse que o verde não pode ir parar no bolo? (Foto: Luiza Gabriela)