A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 20 de Outubro de 2019

13/04/2018 18:07

Cassems inicia vacinação contra a gripe para beneficiários em 23 de abril

Imunização será aplicada em unidades de 11 municípios para quem participou da campanha de agendamento no fim de 2017

Humberto Marques
Vacinação na Cassems estará disponível para beneficiários que fizeram o agendamento. (Foto: Cassems/Divulgação)Vacinação na Cassems estará disponível para beneficiários que fizeram o agendamento. (Foto: Cassems/Divulgação)

A Cassems (Caixa de Assistência aos Servidores de Mato Grosso do Sul) inicia em 23 de abril a aplicação de doses de vacinas contra a gripe em beneficiários que já participaram da campanha de agendamento –realizada entre 13 de novembro e 15 de dezembro do ano passado. A aplicação das doses vai até o dia 30 em unidades da instituição em Campo Grande e nas cidades de Aquidauana, Corumbá, Coxim, Dourados, Jardim, Naviraí, Nova Andradina, Paranaíba, Ponta Porã e Três Lagoas, sempre seguindo um cronograma de imunização para cada cidade.

Trata-se da sexta campanha de vacinação antigripe que a Cassems promove, visando a reduzir complicações e internações decorrentes das infecções causadas pelo vírus influenza. A vacina protege contra os diversos subtipos do vírus H1N1 –que sofrem constantes mutações, o que leva à mudança da composição do medicamento e à necessidade da imunização anual.

A vacina estará disponível na Cassems para crianças a partir dos três anos de idade. Na Capital, as aplicações acontecem no Centro de Prevenção em Saúde entre os dias 23 e 27. Em Corumbá e Jardim, nas unidades regionais da instituição –nos dias 28 e 29 na primeira e no dia 27 na sede jardinense.

Nos demais municípios ela será oferecida nos hospitais da Cassems. Em Aquidauana, ela será oferecida no dia 25; no dia 26 em Coxim; de 25 a 27 e no dia 30 em Dourados; de 27 a 30 de abril em Naviraí; nos dias 27 e 28 em Nova Andradina; de 27 a 30 em Paranaíba; em 26 e 27 de abril em Ponta Porã; e de 27 a 30 em Três Lagoas.

Prevenção – “Os nossos beneficiários são, em maioria, servidores públicos que circulam em ambientes de trabalho com muitas pessoas e são expostos aos vírus da gripe. Com a vacinação, teremos a saúde preservada, sem intercorrências clínicas e, assim, diminuímos a taxa de morbimortalidade”, explica a diretora de Assistência à Saúde da Cassems, Maria Auxiliadora Budib, advertindo que a imunização evita intercorrências clínicas que podem até levar ao óbito do paciente.

A gripe tem entre seus sintomas febre alta e calafrios, dor de garganta, tosse e dor de cabeça, nariz entupido e dores no corpo. O SUS (Sistema Único de Saúde) distribui a vacina apenas para crianças menores de dois anos, gestantes e idosos acima de 60 anos, considerados grupos de risco. Isso deixa uma grande parcela da população vulnerável ao vírus e suas consequências no inverno.

imagem transparente

Classificados


Copyright © 2019 - Campo Grande News - Todos os direitos reservados.