A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 18 de Setembro de 2019

17/03/2019 08:02

Com mais de 10 tipos, definir estilo é tão importante quanto o desenho da tattoo

Terceira edição do Campo Grande Tattoo Fest é realizada no Estoril até este domingo (17)

Guilherme Henri
(Foto: Henrique Kawaminami)(Foto: Henrique Kawaminami)

Entre as propostas, o Campo Grande Tattoo Fest mostra como a tatuagem é algo sério e cheio de possibilidades. Um dos organizadores do evento, Eduardo Mariani, lembra que tão importante quanto escolher seu desenho, é fundamental encontrar um tatuador que tenha experiência no estilo, que são vários.

No evento, que ocorre no Estoril até este domingo (17), a organização elencou pelo menos 13 estilos que, inclusive, são julgados para decidir quem é o melhor em cada um deles.

Pelos stands, Eduardo guia o tour e junto aos tatuadores explica um pouco de cada estilo. Confira:

(Foto: Henrique Kawaminami)(Foto: Henrique Kawaminami)
(Foto: Henrique Kawaminami)(Foto: Henrique Kawaminami)

Old School/ Tradicional

É a famosa tatoo das antigas. Poucas cores e com desenhos autorais, que vão dos barcos, a corações e caveiras. De acordo com Eduardo, a Old School tem muito espaço em Campo Grande, reconhecido, inclusive entre a galera de fora. “Somos meio que referencia neste estilo”, diz.

 

(Foto: Henrique Kawaminami)(Foto: Henrique Kawaminami)
(Foto: Henrique Kawaminami)(Foto: Henrique Kawaminami)

Pontilhismo

O próprio nome já diz tudo: pontos. E isso exige paciência tanto do tatuador como da “tela”, pois formar um desenho pontinho por pontinho, tem um resultado incrível, mas dependendo do desenho pode demorar mais de 10h.

 

 

(Foto: Henrique Kawaminami)(Foto: Henrique Kawaminami)
(Foto: Henrique Kawaminami)(Foto: Henrique Kawaminami)

Maori

Na realidade este estilo de tatuagem, conforme Eduardo, veio de uma tribo neozelandesa onde a tatoo é feita com pedaço de bamboo. Contudo, com o profissional certo a adaptação fica extraordinária.

 

 

(Foto: Henrique Kawaminami)(Foto: Henrique Kawaminami)
(Foto: Henrique Kawaminami)(Foto: Henrique Kawaminami)

Oriental

Outro estilo com nome auto-explicativo. Os desenhos são coloridos e retratam elementos da cultura oriental: peixes, gueixas, guerreiros da antiguidade, o mar, tigres, dragões e flores.

 

 

 

(Foto: Henrique Kawaminami)(Foto: Henrique Kawaminami)
(Foto: Henrique Kawaminami)(Foto: Henrique Kawaminami)

Realismo

Super em alta em Campo Grande nas mãos do tatuador Kallel, a tatoo combina uma serie de cores e é a cópia fiel do desenho, dando aquela sensação de ser uma fotografia no corpo. Nesta edição, Kallel – que ganhou na categoria nos anos anteriores – já esta no segundo dia de trabalho. “Foram 10 na sexta-feira e hoje [sábado] serão mais 10h para finalizar”, diz.

 

(Foto: Henrique Kawaminami)(Foto: Henrique Kawaminami)

Lettering/ Caligrafia

Também na modinha, são as tatoo escritas, que vão desde apenas palavras que tenham um significado especial para a pessoa, até frases. Os traços dependem da fonte, do gosto do tatuado e claro, da precisão nas mãos do tatuador. Neste trabalho da foto, quem comanda a caneta é o tatuador Edson Japan.

 

 

(Foto: Henrique Kawaminami)(Foto: Henrique Kawaminami)
(Foto: Henrique Kawaminami)(Foto: Henrique Kawaminami)

Comics

O estilo refere-se a tatuagem de desenhos e super-heróis. Natan Schwaab, “emprestou” a coxa para o tatuador Aguinaldo Rodrigues, o Gui, tatuar um desenho dos personagens da Marvel Wolwerine e Deadpool. “Curto muito os dois pela história de cada um”, disse o rapaz sobre a escola do desenho.

Outros estilos que serão julgados, contudo, no tour não deram as caras são: Aquarela, Neo Trad, Black Work, News School, Tema Brasileiro, Preto e Cinza e Fechamento.

Curta o Lado B no Facebook e Instagram

imagem transparente

Classificados


Copyright © 2019 - Campo Grande News - Todos os direitos reservados.