ACOMPANHE-NOS    
JUNHO, DOMINGO  26    CAMPO GRANDE 26º

Artes

Sul-mato-grossenses Loubet, Bruno e Barreto foram ao enterro de Aleksandro

"Uma perda enorme para a música sertaneja", comentou o sertanejo Loubet

Por Clayton Neves | 09/05/2022 15:13
Caixão de Aleksandro no momento do sepultamento. (Foto: Marcos Roman / Grupo Folha)
Caixão de Aleksandro no momento do sepultamento. (Foto: Marcos Roman / Grupo Folha)

Diversas personalidades da música sertaneja compareceram ao enterro do cantor Aleksandro, da dupla com Conrado, na manhã desta segunda-feira (9), no Cemitério Parque das Allamandas, em Londrina, no Paraná.

Depois do velório, no Ginásio Jardim Bandeirantes, o corpo do artista saiu em cortejo até o cemitério, onde foi sepultado perto das 9h, no horário local. Um chapéu e bandeira do Brasil foram deixados em cima do caixão do artista.

Fãs, amigos e familiares participaram da despedida do artista. (Foto: Marcos Roman / Grupo Folha)
Fãs, amigos e familiares participaram da despedida do artista. (Foto: Marcos Roman / Grupo Folha)

Loubet, que também é de Mato Grosso do Sul, participou da cerimônia e falou sobre a relação com Aleksandro. “Era uma relação de amizade, de companheirismo. Eles gravaram uma música minha e me incentivaram. Uma perda enorme para a música sertaneja”, disso ao site Folha de Londrina.

Também estiveram presentes os sul-mato-grossense Bruno e Barreto, além das duplas Léo e Marky, Pedro Paulo e Alex, Antony e Gabriel, Léo e Raphael, Os meninos da Pecuária, Bruno Rosa, Mariana e Matheus, e outros.

Muito emocionado, Conrado Bueno, que fez dupla com Aleksandro até 2019, classificou o acidente como uma grande tragédia e comentou sobre a separação da dupla. "Saí porque estava cansado das viagens, das madrugadas, mas minha relação com ele era muito boa”, explicou.

A dupla havia realizado um show em Tijucas do Sul (PR) na noite de sexta-feira e seguia para São Pedro (SP), onde se apresentaria no sábado à noite.

No acidente, morreram o cantor Luiz Aleksandro Talhari Correia, 34 anos, e outros cinco membros da banda: Wisley Novaes, 26 anos, o tecladista e produtor musical Marzio Allan Aníba, 38 anos, o baterista Roger Aleixo Calcagnoto, 38 anos, o técnico de iluminação Gabriel Fukuda, 19 anos, e o roadie Giovani Gabriel Lopes dos Santos.

Outras 12 pessoas ficaram feridas, duas ainda em estado grave: João Vitor Moreira Soares, o Conrado, e Julio César Bigoli Lopes.

O último boletim médico divulgado no Instagram da dupla ainda não foi atualizado hoje e refere-se a dados divulgados ontem: Conrado foi submetido à cirurgia de controle de sangramento e correção da bacia após fratura. Júlio César fez cirurgias após fraturas no crânio e nos membros inferiores. Os dois continuam em estado grave no hospital.

Sul-mato-grossenses Loubet, Breno e Barreto participaram do enterro de Aleksandro, que nasceu em Dourados, a 251 km da Capital, e criou a dupla em 2003, junto com Conrado Bardi de Jesus Bueno, de 35 anos. Inicialmente, eles tocavam em barzinhos da cidade, em 2009, lançaram o primeiro CD. Dez anos depois, em 2019, Conrado seguiu carreira solo e o músico João Vitor Soares, de 27 anos, assumiu o nome Conrado e passou a fazer parte da dupla junto com Aleksandro.

Nos siga no Google Notícias