A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 20 de Setembro de 2018

21/01/2018 07:10

Ninguém gosta de foto no RG, mas os bebês são uma exceção bem fofa

Ao tirar o documento, os pequenos ficam também seguros, já que com as digitais é mais fácil rastrear uma criança

Thaís Pimenta
Manu segurando sua primeira identidade, tirada quando ela tinha 1 ano e 7 meses. (Foto: Paulo Francis)Manu segurando sua primeira identidade, tirada quando ela tinha 1 ano e 7 meses. (Foto: Paulo Francis)

A maioria das pessoas reclama que sae horrorosa em fotos 3x4 em seus documentos pessoais. Só os três personagens a seguir que não vão poder reclamar da aparência. São a coisa mais fofa do mundo. Os pequenos Enzo Gonçalves Machado, Manuela Steica de Almeida Nogueira Fidelis e Lucas Henrique Guimarães de Oliveira tiraram a ID com 1 ano e 11 meses, com 1 ano e 7 meses e dois aninhos, respectivamente.

Tirar o documento tão cedo é uma precaução por parte das mamães dos pequenos. "Decidi por pedir o documento depois que li a respeito da identificação de bebês pela digital, que ajuda na prevenção de roubos de crianças. Quando a criança cresce e vai tirar o RG aparece sua verdadeira identificação", disse Diana Steica de Almeida, mãe da Manu.

Mirian Machado fez a documentação do pequeno Enzo pelo mesmo motivo. "Vejo tanta notícia de gente roubando criança, quando eu li que desde a barriga o bebê já forma a digital pra sempre, quanto mais cedo melhor porque se acontecer um caso de sequestro, como ele já tem a digital cadastrada eu acho o Enzo em qualquer lugar do mundo", diz. Ainda de acordo com ela, a praticidade que a identidade promove só ajuda. "É bem menor que a certidão de nascimento né e a dele fica comigo na minha carteira".

Enzo tirou seu RG com 1 ano e 11 meses porque sua mãe quis prevenir qualquer situação ruim que possa acontecer. (Foto: Acervo Pessoal)Enzo tirou seu RG com 1 ano e 11 meses porque sua mãe quis prevenir qualquer situação ruim que possa acontecer. (Foto: Acervo Pessoal)

A arquiteta Rayanne Gomes Guimarães de Oliveira, mãe do Lucas, resolveu tirar o  RG pra ter mais um documento. "É muito ruim ficar carregando certidão de nascimento pra todo lado. E também vai que eu resolvo viajar, sabe?", questiona.

A Sejusp (Secretaria de Justiça de Justiça e de Segurança Pública), orienta que os pais procurem pelos Postos de Identificação o mais cedo possível. "A identidade é um documento tão importante quanto o CPF. Poucas pessoas que, por exemplo, para um criança viajar de avião ou de ônibus, mesmo acompanhada dos pais, é obrigatório o porte do RG a partir dos 12 anos", comenta o perito papiloscopista do Posto de Identificação Prático Cel Antonino, Neuri Cortez.

Ele completa: "Para viagens internacionais portar o documento é obrigatório, independente da idade da criança ou bebê".

O pequeno Lucas tirou sua identidade com dois aninhos. A mãe optou por ter o documento por ele ser mais prático. (Foto:André Bittar)O pequeno Lucas tirou sua identidade com dois aninhos. A mãe optou por ter o documento por ele ser mais prático. (Foto:André Bittar)

Geralmente, a experiência de tirar foto e coletar digitais é bem-vinda pelos pequenos. De acordo com Diana, Manu chorou para coletar as digitais mas "para fotografar, foi o contrário. Ela é aparecida, puxou a mamãe e não pode ver uma máquina fotográfica", comenta.

Os dois meninões Enzo e Lucas adoraram todo o processo. "No dia que eu fomos, tinham outras duas famílias. Ele gostou de tirar a foto e até de marcar os dedinhos para coletar a digital dos dedinhos", diz a mamãe Rayanne.

Existem mais de cinco Postos de Identificação para retirada do documento. (Foto: André Bittar)Existem mais de cinco Postos de Identificação para retirada do documento. (Foto: André Bittar)

A validade do documento é de dez anos. Para renovar, depois de vencida é preciso pagar a taxa de R$ 100,04, assim como para fazer uma segunda via. "Quando a pessoa muda de estado e precisa tirar o documento de novo não é preciso pagar esse valor", confirma Neuri.

Para retirar o seu RG é preciso primeiro fazer o agendamento no site. Depois de ir até o Posto de Identificação demora cerca de cinco dias para o documento ficar pronto. Crianças que ainda não foram alfabetizadas não assinam a identidade.

Curta o Lado B no Facebook e no Instagram.



imagem transparente

Classificados


Copyright © 2018 - Campo Grande News - Todos os direitos reservados.