A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 14 de Dezembro de 2017

13/05/2017 06:10

Loja bomba em bairro com 22 mil peças novas por semana e preços surpreendentes

Há 38 anos, Loja Nice é orgulho do bairro Silvia Regina, com estrutura de dar inveja em grandes redes

Informe Publicitário
Loja tem 600 metros quadrados hoje.Loja tem 600 metros quadrados hoje.

As portas se abrem às 9h30, mas antes disso já tem cliente esperando para entrar na Loja Nice, no Bairro Silvia Regina. E o que leva tanta gente de diferentes bairros até a região do Aeroporto Internacional não é só o bom preço. Toda semana, cerca de 22 mil peças novas chegam ao lugar e com tendências que nem as maiores redes vendem ainda.

Tudo é escolhido a dedo pela proprietária, Daiana Garcia. Ela e o marido Edgar assumiram os negócios em 2006, depois de anos de dedicação da mãe dela, dona Nice. Hoje, tamanho é o trabalho, que os dois mal param em Campo Grande. “Teve semana que dormi um dia só em casa. A gente viaja até três vezes por semana para fazer compras em São Paulo”, justifica a empresária.

Antiga loja, no mesmo endereço.Antiga loja, no mesmo endereço.

A história da loja impressiona assim como a fachada sofisticada na Avenida Capibaribe, 494, toda em preto e dourado. O endereço simples garante a surpresa de quem nunca entrou no prédio de 600 m², com grandes lustres, roupas, bolsas e acessórios. Nem parece que um dia a Loja Nice foi simples, com letreiro de mercearia em rua de poeira alta.

O começo, 38 anos atrás, teve Nice como comandante. Depois de vender gorros e luvas em uma cidade que na maior parte do ano é quente, ela percebeu que poderia ganhar dinheiro com roupas, sem sair do bairro onde decidiu construir a vida.

Abriu a loja e a dedicação conquistou a clientela rapidinho. “Ela não parava. Estava grávida de 9 meses e foi fazer compras em São Paulo. Quando chegou em Campo Grande, na Belina do meu pai, entrou em trabalho de parto e foi direto para o hospital. Assim eu nasci”, lembra Daiana que herdou o espírito empreendedor da mãe.

Empresa foi criada por Nice, há 38 anos.Empresa foi criada por Nice, há 38 anos.

Quando a fase próspera acabou, Nice enfrentou a depressão severa e em setembro de 2007 morreu. Mesmo abalados diante da perda, a filha e o genro resolveram recuperar o negócio e hoje são motivo de orgulho no bairro onde começaram a namorar ainda crianças.

Nos últimos anos, eles triplicaram o tamanho do empreendimento, mas sem perder a essência. Apesar de muita gente vir de longe, ali todo mundo parece ser de casa. A gerente Simone Rocha, por exemplo, nasceu praticamente na loja. “Minha mãe comprou meu enxoval aqui”, comenta.

Os funcionários também moram na região e têm uma simpatia que é a cara dos donos. “Aqui são todos amigos de infância”, explica Daiana.

Apesar do clima super familiar, a loja investe no que de melhor e mais profissional existe no mundo. “Sou fascinada por esse lugar porque aqui no bairro eles têm peças que ainda não estão à venda em lugar nenhum na cidade. As coleções mudam a cada semana e com previews já de 2018. O povo mais chique conhece aqui como 'Oscar Freire" de bairro”, comenta Viviane Portugal, consultora de moda da Nice.

Looks para todas as ocasiões.Looks para todas as ocasiões.

Antes de reformular o negócio, Daiana e Edgar foram a Nova Iorque e de lá trouxeram o novo modelo de vendas implantado no ano passado. “Já passamos por mais de 20 países, sempre buscando novidades na moda e também inovações em gestão. Meu irmão mora em Londres e colabora muito”, conta a empresária.

O resultado é prédio cheio de segunda a sábado, inclusive, aos feriados. As quartas chegam a ter 150 pessoas a espera da abertura, porque virou tradição ser dia de novidade. “Só fechamos nos dias 25 de dezembro e 1º de janeiro. O mais bacana é que fico no caixa e vejo gente de todas as regiões da cidade, até da Chácara Cachoeira”, diz Edgar.

Sobre sair do bairro onde cresceram na vida e nos negócios, os dois descartam qualquer possibilidade. “Aqui está a nossa raiz. Minha mãe percebeu lá atrás que a região merece coisa boa e isso que vamos continuar oferecendo”, garante Daiana.

A Loja Nice tem duas unidades no bairro. Na mesma avenida, uma vende só produtos femininos e infantis, outra só peças masculinas.

No lugar, você encontra desde um brinco por R$ 5,00 até vestido de festa por R$ 129,00. Também há muitas peças básicas, como calça flare por apenas R$ 39,90 e tendências de inverno, como colete com pelos, por R$ 49,00.

A loja fica na Avenida Capibaribe, 494, Bairro Silvia Regina e funciona de segunda a sábado de 9h30 às 19h30.

Para saber mais sobre o lugar, siga a Nice no Facebook e Instagram.

Loja Nice fica  na Avenida Capibaribe, 494, Bairro Silvia Regina. Loja Nice fica na Avenida Capibaribe, 494, Bairro Silvia Regina.
imagem transparente

Classificados


Copyright © 2017 - Campo Grande News - Todos os direitos reservados.