ACOMPANHE-NOS    
OUTUBRO, QUARTA  28    CAMPO GRANDE 29º

Faz Bem!

Com prontuário on-line, clínica LGBT é inaugurada em data histórica

Serviços de fisioterapia, psicologia, assistência social, farmácia e médica já existiam, mas agora foram estruturados em clínica

Por Paula Maciulevicius Brasil | 16/05/2020 07:12
Casa Satine oferece serviços on-line e também presenciais. (Foto: Deko Giordan)
Casa Satine oferece serviços on-line e também presenciais. (Foto: Deko Giordan)

Sabe que dia é amanhã? Data em que se comemora o Dia Mundial de Combate à LGBTfobia. O 17 de maio é representativo para a população Lésbica, Gay, Bissexual, Travesti, Transexual e Transgênero, porque nesta mesma data, 30 anos atrás, era retirado da lista de CID (Classificação Estatística Internacional de Doenças e Problemas Relacionados com a Saúde) da Organização Mundial da Saúde o "homossexualismo". Desde então "homossexualidade" é o termo correto a se usar.

Para comemorar a data, a Casa Satine inaugura a clínica social com atendimentos como psicológico, médico, fisioterapeuta, farmacêutico de assistência social concentrados e estruturados. As atividades já vinham sendo oferecidas, mas agora, através das redes sociais ou pelo telefone (Instagram da Casa Satine e pelo: (67) 99160-9662), o paciente LGBT em situação de vulnerabilidade acessa um formulário, passa pela triagem e é encaminhado ao atendimento. Entre eles, o de terapia on-line que seguirá durante o contexto da pandemia.

Terapia on-line é um dos atendimentos que Casa Satine oferece em tempos de pandemia à população LGBT. (Foto: Kísie Ainõa)
Terapia on-line é um dos atendimentos que Casa Satine oferece em tempos de pandemia à população LGBT. (Foto: Kísie Ainõa)

"O preconceito e a discriminação fazem com  que a depressão, ansiedade e risco de suicídio sejam os  principais problemas de saúde mental da população”, fala o coordenador da Casa, psicólogo Leonardo Batos.

Casa Satine - É uma iniciativa que visa acolher institucionalmente LGBTQ+ maiores de 18 anos com os vinculares familiares rompidos e em situação de alta vulnerabilidade e através da arte, educação e cultura proporcionar a retomada do projeto de vida dessas pessoas.

Entre os projetos criado para a quarentena estão o Satine em Casa, que consiste em lives pelo Instagram da Casa, que em homenagem ao dia 17, fará lives especiais com  Toni Reis, Diógenes Cariaga, João Hugo e Bruna Lorrane,  sobre direitos, militância e transsexualidade. Também desde  o início do isolamento  social, a Casa iniciou a campanha de arrecadação de alimentos e produtos de higiene pessoal para a comunidade LGBT. Amanhã, será feita a entrega de 50 cestas básicas e kits de higiene. Se você quiser ajudar, entre em contato pelo: (67) 99160-9662.

No podcast abaixo, o coordenador da Casa Satine, o psicólogo Leonardo Bastos, detalha o funcionamento da clínica social:


Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário