ACOMPANHE-NOS    
JANEIRO, QUINTA  21    CAMPO GRANDE 22º

Sabor

Mistura entre “rústico e sofisticado” traz fama ao bolo espatulado

Já ouviu falar nessa moda? Vem descobrir o mundo "chique" mas "gente como a gente" desse tipo de bolo que é a maior sensação

Por Thailla Torres | 24/11/2020 07:21
Bolo quadrado espatulado com desenhos feitos na espátula. (Foto: Taina Boiarenco Fotografia)
Bolo quadrado espatulado com desenhos feitos na espátula. (Foto: Taina Boiarenco Fotografia)

Fazer bolo simples não é difícil, mas a nova moda faz até quem tem mão boa pra doce repensar as técnicas. O “bolo espatulado” veio para ficar e, apesar de parecer simples fazer os desenhos somente com a espátula, quem faz garante que as vezes requer o triplo de tempo para atingir um resultado diferente.

O bolo espatulado vem com uma proposta de apresentação mais simples e rústica, a técnica para enfeite do bolo é realizada com espátula de confeiteiros, encontrada em varias casas de utilidades domésticas.

A designer de bolos Camila Poli diz que os bolos espatulados são a nova tendência, “assim como o naked cake que virou modinha há uns 10 e continua a encantar os olhos e o paladar”. Camila diz que eles agradam pela rusticidade. “Eles chamam a atenção por serem rústicos e sofisticados ao mesmo tempo, agradando desde um público mais despojado até os mais clássicos”.

Ooção de espatulado mais contemporâneo com decoração de macarons.
Ooção de espatulado mais contemporâneo com decoração de macarons.
Desenhos mais sutis também têm chamado a atenção.
Desenhos mais sutis também têm chamado a atenção.

E uma escolha interessante para se trabalhar o espatulado é o bolo quadrado e com efeito cimento queimado. “Esses estão chamando a atenção por trazerem um visual urbano e natural. E a neutralidade da cor e do efeito que causa possibilita uma infinidade de combinações na hora de decorar, podendo combinar a decoração com a paleta de cores da festa, por exemplo”.

Os recheios podem ser variados, desde que tenham uma consistência mais firme, explica. “Pois são bolos altos que chegam a ultrapassar 20 centímetros de altura”.

Camila sempre foi apaixonada por confeitaria, mas não tinha coragem de tê-la como profissão. “Foi somente depois de participar e ser a vencedora do reality Bake Off Brasil, em 2016, que tive a coragem de abandonar tudo e seguir meu sonho fazendo da confeitaria minha arte e profissão”, lembra.

Curta o Lado B no Facebook e no Instagram. Tem uma pauta bacana para sugerir? Mande pelas redes sociais, e-mail: ladob@news.com.br ou no Direto das Ruas através do WhatsApp do Campo Grande News (67) 99669-9563.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário