ACOMPANHE-NOS    
AGOSTO, TERÇA  09    CAMPO GRANDE 13º

Sabor

Rolinho de fruta sem açúcar é aposta de quem passou anos fazendo torta

Há dois meses, Rosângela aprendeu a receita natural que tem validade de até um ano

Por Jéssica Fernandes | 28/06/2022 06:58
Rolinhos com mix de frutas são zero açúcar e desidratados. (Foto: Marcos Maluf)
Rolinhos com mix de frutas são zero açúcar e desidratados. (Foto: Marcos Maluf)

Feito com diferentes frutas e sem açúcar ou conservante, os rolinhos saudáveis são o novo negócio de Rosângela Sandim da Silva, de 61 anos. Após passar metade da vida fazendo todos os tipos de doces, ela quis desenvolver algo na linha fitness e ficou surpresa com o resultado das vendas.

Ameixa, mamão, banana, uva, morango e abacaxi são alguns dos produtos utilizados na criação do rolinho. Para chegar ao ponto desejado, Rosângela deixa as frutas desidratarem por aproximadamente 14 horas e em seguida faz o molde.

Devido a consistência de algumas frutas, o tamanho do rolinho varia. Cada caixa vem com seis unidades e custa R$ 45. Com o intuito de ajudar nas vendas, a família toda faz propaganda dos doces feitos por Rosângela.

Rosângela fala sobre o processo de produção dos rolinhos. (Foto: Marcos Maluf)
Rosângela fala sobre o processo de produção dos rolinhos. (Foto: Marcos Maluf)

A vontade de produzir a receita surgiu depois de assistir nas redes sociais os vídeos de uma menina do Rio de Janeiro. “Vi no Instagram a reportagem, corri atrás e me apaixonei. Eles são lindos e saborosos”, fala.  Antes de iniciar as vendas, ela realizou o curso online para aprender como fazer os rolinhos. “Ela ensina a fazer um monte de coisas e tudo ligado a frutas, mas o que eu queria aprender era isso”, explica.

Como sempre gostou de cozinhar, Rosângela fazia bolos, tortas e ovos de Páscoa para vender. Por isso, ela garante que não sofreu para pegar o jeito com o novo trabalho. “Eu já mexi com doces também, então como estou sempre envolvida não tive dificuldade”, frisa.

A produção dos rolinhos não tem segredo nenhum, conforme a empreendedora. “É só misturar as frutas e são coisas que a gente pensa que não pode dar certo, mas é só misturar um sabor com o outro. Você bate a fruta e ela vai para o processador para ficar com essa consistência”, resume.

Por passar pela desidratação, Rosângela conta que a validade do rolinho é duradoura.  "Ele conserva, é uma fruta que pode ficar até um mês fora e, se for congelado, até um ano", destaca.

Rolinho tem validade de um mês e congelado dura 1 ano. (Foto: Marcos Maluf)
Rolinho tem validade de um mês e congelado dura 1 ano. (Foto: Marcos Maluf)

Além de aceitar encomendas e realizar entregas, ela recebe o apoio da filha Mariana e do genro Randolfo, ambos tem uma doceria. A nora Camila, que administra o Mato Fértil e já foi matéria no Lado B, também vende os rolinhos de frutas.

Embora goste do sabor, Rosângela comenta que a aparência é o que mais agrada. “O que me chamou a atenção foi o visual”, conclui.

Quem ficou interessado em adquirir os rolinhos, o contato para encomendas é (67) 9.9917-1413.

Acompanhe o Lado B no Instagram @ladobcgoficial, Facebook e Twitter. Tem pauta para sugerir? Mande nas redes sociais ou no Direto das Ruas através do WhatsApp (67) 99669-9563 (chame aqui).

Nos siga no Google Notícias