ACOMPANHE-NOS    
MAIO, TERÇA  26    CAMPO GRANDE 22º

Sabor

Temperos naturais são aliados na preparação do almoço saudável

A nutricionista Maíra Zomkowski Ozorio fez um e-book com várias dicas de alimentação e rotina saudável para ajudar as famílias

Por Alana Portela | 08/04/2020 08:15
Os temperados vão deixar o almoço mais saboroso e saudável. (Foto: Marcos Maluf)
Os temperados vão deixar o almoço mais saboroso e saudável. (Foto: Marcos Maluf)

A dica de alimentação saudável de hoje é sobre o uso dos temperos naturais na preparação do almoço e jantar. A proposta é te ajudar a manter uma rotina saudável durante o período de isolamento e depois. Além de também melhorar o sabor da comida e cuidar da saúde.

A nutricionista, Maíra Zomkowski Ozorio preparou um e-book com várias dicas, desde “Como planejar as compras para ir ao mercado o mínimo possível?” , a “Congelar alimentos é dica para abastecer geladeira e otimizar saídas” e agora com os temperos e rotina saudável.

Além do alho e da cebola, invista em temperos secos que possuem maior durabilidade.

  • Manjericão
  • Folha de louro
  • Cominho
  • Orégano
  • Salsa
  • Manjerona, etc.

“Como nem todos possuem hora em casa, os temperos frescos estragam mais rápidos, por isso indiquei os temperos secos também”, diz Maíra. Esses são algumas das opções para se ter em casa e preparar aquela comida saborosa para a família.

O alho e a cebola costumam não faltar na cozinha dos moradores da Capital, enquanto os outros são boas opções para dar aquele toque caseiro. “Eles podem ser utilizados, pois conferem sabor aos alimentos, além de terem propriedades medicinais”, afirma a nutricionista.

Aqueles que costumam comprar a comida pronta, é preciso tomar alguns cuidados e escolher restaurantes que possuem alvará de licença sanitária da Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária). Quando receber o alimento, deve-se tomar alguns cuidados como:

  • Quando a comida chegar, exclua a embalagem do produto e higienize as mãos.
  • Aqueça o alimento: o ideal é que todas as partes do alimento atinjam 70° C por pelo menos 2 minutos. Como a maioria das pessoas não possuem termômetro, o ideal é mexer o alimento durante o aquecimento para que todas as partes sejam aquecidas.
  • Lembrando que essas medidas de aquecimento são recomendadas habitualmente pela RDC n°216. Não há comprovação por estudos, até o momento, sobre a eficácia dessas medidas contra o Coronavírus.

Além da alimentação, é necessário manter uma rotina saudável. Por isso, é recomendado que se:

Durma bem

Tome bastante água. A hidratação é fundamental

Consuma frutas, verduras e legumes diariamente

Evite alimentos ultra processados e ricos em açúcares e gorduras

Evite bebida alcoólica

O sol da manhã é muito importante para nossa saúde. Sempre que possível faça atividade ao ar livre pela manhã

“Espero do fundo do meu coração que esse material possa ajudar sua família nesse momento tão crítico, que estamos vivendo”, finaliza Maíra. Quem quiser acompanhar dicas de nutrição, pode seguir o Instagram da nutricionista, Sementinha Nutrição.

Curta o Lado B no Facebook e no Instagram. Tem uma pauta bacana para sugerir? Mande pelas redes sociais, e-mail: ladob@news.com.br ou no Direto das Ruas através do WhatsApp do Campo Grande News (67) 99669-9563.